11 dicas pra iniciar uma carreira de sucesso no mercado financeiro
11 dicas pra iniciar uma carreira de sucesso no mercado financeiro

11 dicas pra iniciar uma carreira de sucesso no mercado financeiro

com Raony Rossetti

Recebo mensagens de muitas pessoas pedindo dicas sobre como iniciar a carreira no Mercado Financeiro. Eu adoro ajudar, procuro responder o máximo que consigo. Por isso, tive a ideia de escrever esse conteúdo e deixar registrado, com detalhes, o passo a passo vencedor para ajudar você a realizar o seu sonho de iniciar a carreira no Mercado Financeiro.

Já contratei centenas de pessoas, mas também tive que fazer demissões. Liderei times de várias áreas, como de Operações, Risco, Back Office, Análise Técnica, Análise Fundamentalista, Tecnologia, Marketing, Atendimento, etc.

Tive equipes no Brasil, nos Estados Unidos e na Índia, que me trouxeram riquíssimas experiências sobre como lidar com diferentes culturas, fusos horários, idiomas e mindsets. Sendo assim, a seguir vou lhe apresentar, com base em mais de 11 anos de experiência, dicas para que você dê o ponta pé inicial em sua carreira.

Esteja sempre atualizado 

A característica que mais me fascina no mercado financeiro é o seu dinamismoA todo momento tem algo acontecendo e você precisará estar por dentro de tudo. Muito provavelmente lhe perguntarão na entrevista a sua opinião sobre algo que es acontecendo, e você não poderá gaguejar. Sugiro que assine o Jornal Valor Econômico. 

Eu também gosto muito de ler os relatórios da Eleven, sobretudo os de Renda Variável. Eles cobrem mais de 130 empresas e com muita seriedade trazem informações e insights relevantes sobre o mercado. 

Certifique-se 

Certamente será um diferencial no processo seletivo você já ter uma certificação. As certificações demonstram apenas conhecimento teórico, mas são bem vistas, pois atestam seu interesse pela busca de conhecimento e qualificação, auxiliando a formação da sua carreira no mercado financeiro.

 Caso queira atuar em uma corretora, sugiro que seja aprovado no PQO (Programa de Qualificação Operacional). O objetivo desta certificação é o de comprovar o conhecimento sobre diversas áreas de atuação da B3: Operações, Risco, Back Office, Liquidação, Compliance, Comercial, Custódia e Cadastro de Clientes. Pesquise por “Guia de Estudo PQO” que você encontrará o material completo, que é gratuito. 

Se desejar ser um Agente Autônomo de Investimentos, você precisará da certificação da Ancord (Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias). Um segundo passo seria a certificação CFP (Certified Financial Planner). 

Se o seu interesse for por análise, você precisa da certificação CNPI (Certificação Nacional do Profissional de Investimento) da APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais). A certificação está dividida em três categorias, que são: CNPI-T para o Análise Técnica, CNPI para Análise Fundamentalista, e CNPI-P, caso queira ter as duas distinções.  

O CPA-10 e o CPA-20 possuem valor, mas são bem básicas. Tenho certeza de que você não terá dificuldades em ser aprovado. Porém, sugiro que ao invés de fazê-las, que parta direto para o CEA (Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA), pois ela cobre as atividades abrangidas pelo CPA. 

Seja um estudante voraz 

Eu sempre investi muito em livros de diversos assunto sobre o mercado. Repare que eu usei o verbo “investir” e não “gastar”. Vou passar para você uma lista de livros básicos e intermediários, separados por temas. Eu poderia indicar vários livros por tema, mas procurei ser objetivo para que você seja mais assertivo nas leituras. 

Conhecimentos gerais 

– Fortuna, EduardoMercado Financeiro – Produtos e Serviços. 

– Graham, Benjamin. O Investidor Inteligente. 

Macroeconomia 

– Branchard, OlivierMacroeconomia. 

Opções 

– Hull, John. Opções, Futuros e Outros Derivativos. 

Análise Fundamentalista 

– DamodaranAswathAvaliação de Empresas. 

Análise Técnica 

– Moraes, AndréSe Afastando da Manada. 

Trading 

– ElderAlexander. The New Trading for a Living: Psychology, Discipline, Trading Tools and Systems, Risk Control, Trade Management. 

Negociação Eletrônica 

– JohnsonBarry C. Algorithmic Trading and DMA: An Introduction to Direct Access Trading Strategies. 

Histórias interessantes 

– LewisMichael. Flash Boys: Revolta em Wall Street 

– Schroeder, Alice. A Bola De Neve. Warren Buffett E O Negócio Da Vida 

– SorkinAndrew RossToo Big to Fail: The Inside Story of How Wall Street and Washington Fought to Save the Financial System  and Themselves. 

Capriche no seu LinkedIn 

Deixe-o completinho e bem escrito. Na sessão “Sobre Você” do Linkedin, use palavras sobre o Mercado Financeiro. Isso vai ajudar os robôs de pesquisa utilizado pelas áreas de RH a encontrá-lo. Na sessão sobre “Habilidades e Competências” coloque as áreas que você tem conhecimento. 

Capriche no seu CV 

Ele precisa ser objetivo, com informações diretas e claramente apresentadas. Ninguém vai lhe contratar apenas lendo o seu CV, mas ele for “poluído” muito provavelmente será deixado de lado. Confesso que eu tenho preguiça de ler CVs com mais de uma página, a não ser se for de um profissional muito sênior, que tenha muitas experiências que precisavam ser enfatizadas.   

Faça networking 

Isso pode parecer ser mais fácil para aqueles que vivem na cidade de São Paulo, mas na realidade não é mais uma verdade. Com ao advento das redes sociais está muito mais fácil se comunicar, trocar experiências e gerar conexões. Use o Instagram, Facebook, o Twitter e o LinkedIn de forma inteligente. Seja agregador, aproxime-se de pessoas que são referência no mercado. 

 Aprenda sobre plataformas de negociação 

Se o seu foco for em Renda Variável, aprenda a utilizar as principais plataformas de trading. Pesquise sobre as suas ferramentas e esteja familiarizado com o seu uso. Será um diferencial relevante para uma entrevista para a mesa de operações, análise técnica, risco e atendimento. 

Pesquise bem sobre a Instituição antes de fazer a entrevista 

Pesquise sobre a história da companhia, seus valores, sua missão e seu propósito. Vá atrás das últimas notícias. Saiba quais são as suas principais linhas de negócio. 

Aprenda a usar o Excel 

Isso é algo básico. Independente da área que você for atuar, certamente você terá que lidar com planilhas. Saber programar em VBA não costuma ser um pré-requisito para áreas comerciais, mas sim para áreas de produtos e processos. A linguagem de programação Python vem ganhando muito espaço.

Você pode aprender sobre isso tudo em cursos online. 

Estude Inglês 

O inglês é a língua mais utilizada no mercado financeiro. Muitos processos seletivos estão colocando-o como pré-requisito. A melhor forma de aprender é fazendo uma imersão em um país que a tenha como língua mãe, mas como isso é inviável para muitas pessoas, vou dar algumas sugestões:  

• Traga o inglês para o seu dia a dia: mude a língua do seu celular e do seu computador; 

• Quando for assistir TV, dê preferência aos conteúdos em inglês;

• Leia livros sobre o mercado financeiro em inglês, pois assim, além de aprender sobre a língua aprenderá sobre o mercado;

• Mantenha-se atualizado sobre o mercado internacional por meio dos sites do New York Times e Wall Street Journal.  

Mentoria 

Há algumas semanas, coloquei um post sobre mentoria. Recebi muitas mensagens me perguntando sobre como achar um mentor. Isso é algo bem difícil de se fazer. A minha sugestão é sempre se relacionar bem com todos ao seu redor, sendo agregador, demostrando vontade de aprender continuamente e sendo humilde. Assim, as suas chances de que um profissional mais sênior se aproxime de você serão maiores. Não foque em achar um mentor, mas crie um ambiente que favoreça seu aparecimento.  

O Mercado Financeiro é apaixonante. Espero que essas dicas lhe ajudem a entrar neste fantástico mundo que tanto me fascina. 

Boa sorte na sua careira no mercado financeiro e muito sucesso.