5 formas de melhorar sua performance em 2019
5 formas de melhorar sua performance em 2019

5 formas de melhorar sua performance em 2019

Começo de ano é aquele momento perfeito para reconhecer quais foram seus erros no ano que passou e como você pode melhorá-los. Aqui eu te mostro os pontos chave onde você pode estar dando aquela leve escorregada, e em como você pode consertá-las. Confira a seguir!

1 . Revise sua rotina

Quantas vezes nos últimos tempos você ficou observando a todo momento seu smartphone para acompanhar sua operação, enquanto estava tomando um café bem forte para compensar as 4 horas de sono? E quantas vezes você acordou e não conseguiu fazer uma boa análise das notícias que saíram durante a madrugada?

Um trader de alta performance precisa de uma rotina bem definida e que otimize ao máximo suas operações. Se essas situações citadas são comuns para você, é preciso repensar como seu dia a dia é planejado.

Como você já deve ter percebido, o mercado financeiro pune se você não se ajustou aos seus horários e se não conseguiu adotar hábitos saudáveis ainda.

Aqui, vamos destacar alguns pontos que vale você lembrar para implementar na sua rotina, ou melhorar.

Tenha horários definidos para as operações

O melhor horário para operar na bolsa de valores depende muito da estratégia que cada um adota; e também dos mercados que decide operar, visto que eles não possuem todos o mesmo horário de abertura.

Normalmente se nota algumas características no pregão de um momento para outro. Os principais que vale a pena citar são: o volume negociado, os horários de ajuste do próprio mercado, e a influência da abertura de outros  durante o funcionamento do nosso.

Como já dito, não existe regra para horários que você deve operar, mas com base nessas diferenças, é preferível que você escolha justamente períodos onde o fluxo de negócios é maior, ou seja, que tenha muito mais liquidez; o que pelo menos você sabe que acontece nas aberturas e fechamentos.

Dessa forma, suas operações estarão otimizadas e seguirão o recomendado de não seguir horas a fio, e em horários aleatórios. O preferível é que você destine apenas algum tempo para elas porque, dessa forma, é possível descansar sua parte mental, que é extremamente necessária um perfeito funcionamento das estratégias.

Acorde cedo

Mas não tenha o péssimo hábito de dormir poucas horas por dia. Adultos precisam em média de 7 à 8 horas de sono para obter um bom funcionamento. Dormir 4, 5 horas e achar que depois a cafeína vai te proporcionar o mesmo rendimento, não funciona. O sucesso começa com uma boa noite de sono.

Além disso, você têm observado a qualidade do seu sono? Se você dormiu por várias horas seguidas e se sente cansado durante o dia, pode ser porque seu ambiente de descanso não está lhe proporcionando àquilo que deveria. Pesquise alguns aplicativos que servem para monitorar suas noites e otimizá-las.

E claro, dormir bem também não significa passar mais do que o recomendado. Se você ainda não têm, monte uma programação para dormir cedo e, assim, conseguir acordar cedo.

Muito do que determina as cotações da bolsa brasileira vem do cenário exterior. Os acontecimentos dos mercados americanos e asiáticos, grandes parceiros comerciais do Brasil, influenciam muito no humor do mercado brasileiro.

E como você sabe, o pregão do mercado asiático funciona enquanto estamos dormindo, ou seja, acordar cedo e nos atualizarmos acerca do que aconteceu no cenário político e econômico de lá é fundamental. Do meio para o final da manhã, têm a abertura do mercado americano, que também deve ser levado em consideração.

E nunca esqueça de olhar o calendário econômico assim que levantar. Muitos dos indicadores e dados divulgados durante o dia afetam diretamente nas cotações. Saber quais estão em pautas e quais suas projeções é fundamental para se preparar corretamente. A chance de ser pego de surpresa é muito menor dessa maneira.

Reserve um tempo para exercícios físicos

Como já dito, é preciso estar ciente de que não se deve operar em todos os momentos para obter uma curva de ganhos consistentes. Sendo assim, com certeza vai sobrar algum tempo para você se dedicar a exercícios físicos.

Exercícios ajudam não somente a definir o físico, mas também o mental, já que a prática constante de alguma atividade física libera endorfina, que ajuda a regular nossas emoções; ponto chave para otimizar qualquer operação.

É claro que seu dia a dia deve ir além dos compromissos que têm com o mercado, mas é importante que seu corpo perceba a rotina que você montou para ele, e que se habitue à ela; assim vai responder positivamente e você vai perceber uma melhora clara na sua performance.

2. Use o stop

Saber gerenciar riscos faz parte da vida de um bom trader; e um dos recursos que te ajudam muito na gestão de risco, é o stop. Ela auxilia o trader a ganhar com sabedoria e a perder com qualidade, porque até mesmo o melhor operador têm prejuízos.

Uma ordem de stop loss nada mais é do que uma ordem para vender uma determinada ação caso ela atinja um preço X. Imagine que você comprou um ativo a R$ 50,00 e colocou seu stop loss a R$45,00. Caso ela bata no ponto, você limitou sua perda em 10% do total investido.

Além de uma ordem que demarca suas potenciais perdas, é possível ainda colocar outra que vá garantir um nível específico de ganho, o stop gain. A dinâmica é similar, com diferença apenas de que agora você estará limitando a um preço acima do atual. A ideia aqui é garantir um determinado ganho e deixar a posição antes que ela talvez comece a lhe dar prejuízos.

Mas qual o limite de perda ideal? E o de ganho? A verdade é que esses limites são subjetivos e variáveis e depende muito do nível de riscos que você está disposto a correr, visando um determinado retorno.

Há dois pontos de referência que podem ajudar você a definir seus limites de perda. Uma relação de risco e retorno compatível com sua escolha de estratégia e sua realidade financeira e um acompanhamento constante em maneiras de utilizar os stops técnicos.

Não existe operar no mercado com sucesso sem um bom gerenciamento de risco. Se o operador entrar sem a ideia de stopar, a tendência é ter perdas significativas que acabam por não cobrir os prejuízos.

3. Desenvolva novas técnicas mentais

O trader precisa ter uma média de resultados bons e constantes para poder se basear nos seus resultados e afirmar que é consistente no mercado, o que nem sempre acontece, já que pelo menos por alguns resultados ruins todo trader passa.

O perigoso é isso afetar sua visão e fazer com que você crie uma atmosfera de medo, que te trave no meio de operações importantes. Resumindo: uma autossabotagem inconsciente. Mas como você pode melhorar seu mental?

Ninguém se conhece completamente e o processo de autoconhecimento deveria ser realizado por todos. Sempre lembre que se os movimentos do mercado parecem turvos à você, talvez seja porque seus próprios movimentos são inconstantes e criam essa atmosfera.

Quando você nega que precisa se conhecer melhor, está aceitando, de alguma forma, que vai cometer os mesmos erros e não vai procurar repará-los. O mesmo acontece quando as emoções tomam conta das situações e elas tendem a perder o controle.

Pesquise sobre mindfulness e adote a prática

Uma das maneiras para driblar esses problemas é manter uma prática constante de mindfulness, por exemplo, que pode te trazer trocas mais sutis de humor e alguns segundos a mais na hora de tomar uma decisão de forma consciente.

Dessa maneira, tendemos a fazer escolhas mais baseadas na lógica e na razão, do que nas emoções. Suas operações serão definidas por menos impulsos e mais raciocínio lógico.

Mas no que se baseia essa prática?

Ela desenvolve sua capacidade de estar presente em ações do dia a dia, em que entramos no que chamamos de estado de fluxo. O famoso “piloto automático”. Tudo isso por meio de uma simples técnica onde você toma consciência da sua respiração, de como respira e de como seu corpo reage a isso.

Dessa maneira, durante o seu dia, seu estado mental estará muito mais voltado às atividades que você estará realizando, podendo assim, perceber com mais facilidade seus erros.

Foco mais direcionado, aumento da estabilidade emocional, diminuição da ansiedade, melhora da intuição, e o aumento claro da percepção do seu ambiente são só alguns dos benefícios que você nota ao adotar essa prática. Pesquise mais sobre e veja o quanto vale a pena!

4. Atualize-se constantemente sobre os principais acontecimentos

Já sabemos alguns assuntos protagonistas de 2019 que vão mexer com o mercado financeiro no geral.

A bolsa brasileira está descolada do mercado americano. Por mais que tenhamos alguns abalos por conta dos resultados das bolsas de lá, o mercado brasileiro possui muito valor e cai muito menos do que de outros países emergentes.

Mesmo assim, a influência que o mercado internacional exerce na B3 ainda é grande e não pode ser ignorada. É justamente o cenário externo que preocupa acerca das barreiras que existem sobre o crescimento da nossa bolsa.

A guerra comercial promete uma redefinição do jogo de poder e certa transferência de tecnologia. Tudo isso resulta na oscilação das commodities metálicas, que interfere diretamente no preço das ações de empresas desse setor. Afetando essas empresas, como a Vale, nosso índice é afetado, uma vez que há forte correlação com ele. Esse tipo de cenário e como ele pode influenciar na B3 é algo que precisa estar claro na sua cabeça.

Além da Guerra Comercial, importante acompanhar os dados da economia americana, principalmente a taxa de juros do país, já que interfere no fluxo de dinheiro que entra no nosso, por exemplo. 2019 promete ser um ano difícil para os Estados Unidos, já que os rumores de que a economia americana está entrando em recessão rondaram por todo o último mês de 2018. Vale ficar de olho nos indicadores para perceber alguns sinais de como a situação ficará.

Ainda, no cenário doméstico, as atenções, principalmente para esse primeiro trimestre, estarão voltadas às ações do novo governo, além das expectativas para as reformas que o mercado tanto aguarda.

Com certa capacidade ociosa, o país conta esse ano com o crescimento da concessão de crédito e a aceleração da economia brasileira. Tudo isso pode impactar positivamente na nossa bolsa de valores e fazer a B3 atingir novas máximas históricas e entrar em um novo patamar.

5. Escolha a melhor plataforma para operar

Se você ainda não possui uma plataforma profissional, está na hora de rever suas escolhas. Operar é muito mais do que fazer um envio de ordem para a bolsa. É ter ganhos consistentes por meio de ferramentas que ajudam você, em seja qual for a crença de análise que tenha.

Dizem que quando começamos um novo ano, nossas ações precisam ser revistas. Seja iniciante, seja um trader que já opera há algum tempo no mercado, a plataforma profissional é algo que você deve entender que é necessária para qualquer operador que deseja ter sucesso na bolsa de valores.

O ProfitChart é a plataforma mais completa que você pode encontrar no mercado. Com uma gama das mais diversas ferramentas, das mais consolidadas até as menos conhecidas, você consegue fazer uma análise gráfica completa, tanto por meio de gráficos temporais, com mudança de periodicidade, como por meio de gráficos atemporais. Você escolhe como vai levar seu estudo.

Além disso, pense nos diversos indicadores técnicos que é viável ter acesso. Possível ainda fazer seu próprio por meio de um sistema de editor de estratégias, onde você cria sua própria, com base nas suas crenças.

E se você é um amante de tape reading, a plataforma também foi feita para você. Com os Books de Ofertas, o Times & Trades, o Volume at Price e diversas outras ferramentas, é possível fazer uma análise de fluxo completa e com qualidade.

Saiba ainda que, caso segurança e agilidade sejam suas maiores preocupações, a plataforma conta também com um sistema de baixa latência, ou seja, um tempo mínimo do momento em que sua ordem sai do computador até o momento que a bolsa a computariza; o que acaba criando uma infraestrutura cuidadosa e segura para seu fluxo de ordens.

Por essas razões, a importância de ter uma plataforma profissional como o ProfitChart é essencial. Plataformas gratuitas ou outras pagas, podem não lhe passar a segurança e a qualidade que você precisa para operar no mercado. Ficou interessado? Teste o ProfitChart e perceba a diferença clara no seu operacional.

Se prepare para esse novo ano que está começando avaliando quais foram seus erros em 2018 e em como você pode melhorá-los. Mas não esqueça, essas são as melhores formas para otimizar suas operações.

Gostou desse artigo? Você também pode gostar de saber as 5 formas de controlar suas emoções no mercado financeiro