large Lay Blog 003
foto de capa

API de dados da B3: Sua estratégia no piloto automático

A automação de atividades já é uma realidade em diversas áreas, trazendo conforto e praticidade principalmente às tarefas mais repetitivas. No mercado financeiro não é diferente. 

Independente da área, a automatização segue, de forma resumida, três passos: Input de dados, operações com os dados recebidos e output com a informação desejada. 

Tratando das três etapas citadas acima, precisaremos de um fornecimento de dados em tempo real, um algoritmo para trade e uma unidade para armazenar os resultados.

Neste artigo, apresentarei a vocês a DLL, que vai atuar como o input desses dados. Dessa forma, oferecendo dados de qualidade e atualizados em tempo real. Com ela, você pode se concentrar no que realmente vai impactar suas operações no mercado financeiro, o seu algoritmo de trade. Acompanhe e entenda a automação no mercado financeiro utilizando a API de dados da B3.

O que é uma API de dados da B3 

A API de dados da B3 é o que se tem de mais avançado hoje no que diz respeito a base de dados em tempo real da Bolsa de Valores do Brasil. Uma ferramenta que apesar de muito poderosa, tende a passar despercebida pela maioria das pessoas já que sua operação não é visível ao usuário final. 

Podemos fazer o seguinte experimento mental para entender o que é esta API: Imaginem o Profit, nossa plataforma para o mercado financeiro. Em seguida, retirem tudo que é visual, sua interface gráfica: o que vai restar são apenas dados! Dados, de altíssima qualidade, sendo recebidos pelo usuário em tempo real.  

O que esse usuário pode fazer com estes dados? É o que veremos no próximo tópico. 

Para que serve esta API

Agora que já entendemos o que é a API de dados da Bolsa, vamos falar sobre o que é possível fazer com ela. Considere então os seguintes exemplos.

Exemplos práticos:

Exemplo 1: Algoritmo de trade 

Quem faz análise técnica tem como objetivo determinar a tendência de um ativo com base no rastreio de comportamento da oferta e demanda. Portanto, é fundamental receber, de forma precisa, informações como volume de negociações, histórico de preços e origem das ordens. Além dessas informações mais básicas, é possível criar diversos indicadores realizando operações matemáticas a partir desses dados. 

Estratégias mais simples até podem ser montadas nos robôs das plataformas, o próprio Profit oferece algumas opções de configuração de robôs para automação de ordens. Todavia, quando estamos tratando de estratégias mais complexas que utilizam muitos indicadores, analises de fluxos e em alguns casos ferramentas de machine learning, se torna necessária a utilização de ferramentas externas mais poderosas.

Por conta da necessidade exposta acima, essa conexão externa faz com que seja de suma importância a contratação de uma base de dados compatível com as principais linguagens do mercado. 

Exemplo 2: Alimentação de sites ou blogs

large Sem Título 1

Hoje em dia existem diversos serviços que disponibilizam cotações em forma de tabelas ou gráficos pros seus usuáriosSendo assim, sites, blogs ou aplicativos, se tornaram serviços que agregam valor pelo caráter informativo e pela facilidade para um cliente que muitas vezes não possui uma referência segura e de fácil acesso a este tipo de informação. Com isso dispensando a necessidade constante de consultar do homebroker por exemplo, já que muitas vezes isso não é pratico. 

Esse tipo de serviço, assim como a automação de trades, precisa de um input, ou seja, uma fonte de entrada de dados, de qualidade e com consistência. 

Vamos considerar, por exemplo, uma casa de câmbio que deseja expor aos clientes em seu site a cotação do dólar em tempo real. A cotação apresentada não pode possuir erros ou ficar indisponível, pois o comércio de cambio é uma atividade que demanda confiança entre as partes, e um possível cliente não se sentiria confortável em fechar negócio sem se sentir seguro com sua contraparte. 

Exemplo 3: O que você quiser! 

No que se se trata de uma aplicação que alimenta outro sistema isso já deve ter ficado claro, mas as possibilidades são ilimitadas. Portanto, o detentor destes dados pode utilizá-los da forma que bem entender, desde que seu algoritmo esteja preparado para se conectar com a API. Então, podemos esperar que mais e mais utilidades para a API surjam com o tempo.

A API de dados da Nelogica: A DLL!

Falamos bastante sobre a importância da API de dados, e da necessidade de uma API de qualidade. Por isso nós, da Nelogica, sabemos que mercado financeiro é coisa seria. Por isso, temos a disposição uma API de dados da B3 estável e de qualidade comprovada por todos que já utilizam direta ou indiretamente esta aplicação.

Utilizando a DLL você terá a certeza de estar trabalhando com a melhor ferramenta de dados em tempo real. A DLL irá elevar o nível do seu algoritmo e te colocar em pé de igualdade com os grandes players do mercado no que diz respeito à fonte de dados.

Conectividade da API

O fornecimento de dados em tempo real é o objetivo final da DLL. Mas, tão importante quanto os dados, é a conectividade desses dados com seu algoritmo. Pensando nisso, a DLL já vem pronta para ser utilizada em Delphy, C e Python, linguagens com aplicações de manipulação de dados robustas para lidar com o enorme volume de dados advindos do mercado financeiro.

Foram citadas acima algumas linguagens que a conexão já está pronta com a DLL. Isso não quer dizer que o usuário, interessado em utilizar outra linguagem, não possa criar sua própria conexão e tornando possível, desta forma, trabalhar na linguagem de sua preferência.

Machine Learning: use o potencial máximo

Aprendizado de maquina, ou machine learning no termo em inglês, é a capacidade de um computador aprender sem ser programado diretamente. Por conta da grande quantidade de dados que temos a disposição, é necessário reconhecer nossos limites humanos de interpretação dos mesmos. E é exatamente nessa nossa limitação que o ML vai atuar.

As limitações de capacidade de processamento de um computador, diferentemente das nossas, podem ser reduzidas facilmente aumentando seu poder de processamento. Fazendo assim com que seja viável aumentar constantemente esta capacidade, com base nas nossas necessidades.

O Machine Learning pode ser usado ainda para produzir um algoritmo que, em resumo, consegue interpretar o grande volume de dados que os ativos da bolsa estão gerando constantemente. E com base no seu comportamento passado, inferir se deve ou não realizar uma compra ou venda. É a tecnologia a serviço do gain!

Solução Completa: O DataFeed

A DLL é uma solução incrível, mas para extrair o máximo proveito da sua utilização, é interessante que seja utilizada em conjunto com o histórico de dados. E com essas duas ferramentas trabalhando de forma integrada, além de atualizações em tempo real fornecidas pela DLL, você terá à disposição uma ampla base de dados de períodos passados para criar projeções, inferências e modelos estatísticos. Essa utilização aumenta exponencialmente a chance de acerto nas suas automações para o mercado financeiro. 

A solução completa, que contempla os dados históricos da B3 e a DLL é o DataFeed. Se ainda tem duvidas sobre como essa ferramenta pode mudar a sua interação com o complexo mundo dos dados do mercado financeiro, contate-nos e tire todas as suas dúvidas!