View Blog 003
View Blog 003

BMF: como operar na Bolsa de Mercadorias e Futuros?

Investir e operar na Bolsa de Mercadorias e Futuros Bovespa (BM&F) pode ser uma ótima opção para traders de diferentes perfis e tempo de experiência. Para obter bons resultados, no entanto, é preciso analisar os possíveis cenários para identificar as melhores opções.

Neste artigo nós falaremos sobre a BM&F, assim como sua relevância, funcionamento e importância para a economia. Com análises inteligentes e visão estratégica é possível minimizar riscos e maximizar ganhos com investimentos em contratos futuros. Continue a leitura e saiba mais!

Saiba como funciona a BM&F

A Bolsa de Mercadorias e Futuros é um mercado de derivativos no qual é possível investir dinheiro em ativos, como uma taxa de juros, commodity (soja, café, boi gordo, milho etc.), moeda (como o dólar), entre outros. 

No chamado mercado futuro são negociados os contratos futuros, que são acordos em que se realizam a compra e venda a serem pagos em um determinado preço e data, estabelecidos formalmente.

Quando um trader compra um contrato futuro na BM&F a expectativa de ganho gira em torno da oscilação de preços do ativo. As negociações são feitas a partir de um “lote mínimo”, sendo que cada contrato tem seu próprio código de identificação pelo qual são realizadas as transações de compra e venda.

Entre as principais vantagens dos contratos futuros encontram-se:

  • oportunidade de diversificar investimentos;
  • grande poder de alavancagem;
  • facilidade para investir;
  • agilidade nas negociações.

Entenda o que são derivativos

Um dos principais pontos que o trader precisa entender para ter sucesso na BM&F é compreender o que são os derivativos. Estes são contratos pelos quais são estabelecidos pagamentos futuros, com base de cálculo determinada a partir do valor de outros ativos. O mercado de opções de câmbio é um deles, uma vez que o valor das opções de dólares varia conforme o valor da moeda no mercado à vista.

Existem vários tipos de derivativos. O mercado a termo, mercado futuro e mercado de opções são alguns exemplos. Quando feita da maneira correta, essa opção de investimento pode aumentar a lucratividade, sendo, no entanto, preciso estar sempre atento e analisar também os riscos de perdas.

Conheça os riscos envolvidos e a alavancagem

Em maior ou menor grau, todo investimento envolve um nível de risco. Na BM&F essa máxima também é seguida. Sendo assim, antes de investir é indicado que o trader se informe ao máximo sobre todos os cenários e riscos envolvidos na ação.

Outro ponto importante é compreender bem o funcionamento da alavancagem, uma vez que essa técnica pode ser usada para impulsionar os ganhos a partir de recursos vindos de terceiros como empréstimos, financiamentos etc.  

Analise as oportunidades e a volatilidade dos ativos 

A BM&F tem um mercado volátil, o que exige que o investidor desenvolva raciocínio rápido e capacidade analítica para identificar possibilidades, compreender cenários e agir corretamente em situações momentaneamente desfavoráveis.

É importante compreender também que esses ativos são especialmente voltados para o day trade, sendo assim, é preciso haver uma adaptação para operá-los corretamente, principalmente no caso em que o operador é pessoa física.

Neste artigo falamos sobre como operar na Bolsa de Mercadorias e Futuros Bovespa e o que é preciso saber para investir nesse mercado com possibilidades interessantes de ganhos.

Para saber mais sobre a BM&F e outros assuntos relacionados, siga nosso Facebook, Linkedin e Instagram! Até mais!