Como se tornar um trader experiente e consistente em 7 passos

Atuar no mercado financeiro com consistência e ter bons rendimentos. Parece um sonho para bastante gente, certo? Muitos buscam saber a fórmula sobre como se tornar um trader experiente, porém, ela é composta por uma série de questões.

Boas práticas, estudos, autoconhecimento e equilíbrio. Junto às melhores tecnologias, a reunião desses fatores é o início do caminho de sucesso nas operações. Neste post, você vai conhecer os 7 passos para ser o um grande trader. Confira!

1. Conheça seu perfil de trader

Esse passo não vem em primeiro lugar por acaso. Antes de tudo, busque entender o seu perfil, avaliando o tempo que você tem para operar e quanto tem para aplicar. Ao observar esses fatores, é possível definir como será a sua postura no mercado.

Financeiramente falando, a definição do perfil deixa claro seu nível de exposição aos riscos. Você só vai operar ativos que conhecer. Se tem pouco dinheiro, precisa balancear sua entrada em posições de renda variável. Quanto mais abertas estiverem, mais chances de perdas você terá, então, é preciso equilíbrio.

A questão do risco também ajuda a entender o tipo de operação. Se você está disposto a se expor para ganhar mais, o Day Trade é uma boa opção. Entretanto, ele demanda tempo, ou seja, uma dedicação quase integral durante o dia. Se você não tem essa flexibilidade, o Swing Trade é uma alternativa interessante.

Busque sempre esse balanço entre apetite de ganhos, tempo e capital disponíveis. Esses fatores ajudarão você a definir o seu perfil ideal de operação.

2. Invista em conhecimento

O conhecimento é fundamental para desenvolver a sua consistência e capacidade operacional. A experiência é um fator importante, mas é preciso ser técnico. Um trader que estuda é capaz de aprimorar as análises e entender o comportamento do mercado.

Sua metodologia de operação depende de conhecimento. Quando você tem bagagem técnica, é capaz de atuar em diferentes situações, com um entendimento amplo do mercado. Assim, você sempre terá uma estratégia adequada e consistente.

Os estudos ajudam também no gerenciamento de riscos. Um bom setup ajuda a reduzir as perdas, equilibrando esses momentos com os ganhos. Com a gestão adequada dessa exposição, ao fim do dia, você terá um saldo positivo na sua operação.

Buscar cada vez mais conhecimento é fundamental para evoluir. O mercado exige se manter atualizado, assim como em qualquer outra área de trabalho que demanda excelência operacional. As mudanças são frequentes e o cenário se mantêm dinâmico, então, você deve estar disposto a acompanhar isso.

3. Tenha objetivos bem definidos

Ter objetivos é importante para entender como se tornar um trader experiente. É preciso saber aonde se quer chegar e, assim, operar da forma adequada. Há muitas motivações pessoais para entrar no mercado financeiro.

disciplina do trader também depende dessas metas. Qual é o seu propósito? Muitos querem criar patrimônio para a aposentadoria, enquanto outros operam apenas para pagar contas. E claro, há também aqueles que desejam viver integralmente do trade.

O objetivo também ajuda a nortear seus movimentos no mercado. Quem opera no Day Trade, por exemplo, sabe o quanto precisa fazer por dia. Essa consciência evita o excesso de posições que aumenta o risco de perdas.

Portanto, saiba o que você quer do trading e coloque essa meta como seu guia. Lembre-se de que o equilíbrio é fundamental, afinal, de nada vai adiantar ter altos rendimentos em uma operação e, por falta de planejamento, ter prejuízos grandes no trade seguinte.

A definição do mercado é indispensável

Há diferentes mercados dentro e cada um deles oferta possibilidades distintas. De acordo com seu perfil, avalie quais ativos são mais interessantes. Há o mercado de opções, os futuros, as ações, entre outras alternativas. A escolha ajuda na sua consolidação como trader especializado.

4. Se espelhe em grandes profissionais do mercado

Os profissionais do mercado são referências para o trader iniciante. Eles são experts no assunto, geralmente, tendo uma atuação de muito tempo e com bons resultados. Analistas, por exemplo, são exemplos de profissionais que possuem didática para ensinar os primeiros passos no mundo trader.

É importante sempre se espelhar em pessoas que têm o que oferecer. Esses traders estão sempre trabalhando em novas metodologias e análises eficientes, que são de muita utilidade a qualquer um.

Os analistas trazem também questões importantes sobre as tendências do mercado. Pode ser de grande ajuda saber sobre a percepção deles acerca do otimismo, da volatilidade de momentos específicos e outras questões.

5. Utilize as ferramentas certas

Um mecânico consegue consertar um carro sem sua caixa de ferramentas? Essa é uma reflexão simples que serve para mostrar a importância de boas ferramentas a serem usadas pelo trader, como softwares de análise do mercado. Todo conhecimento e estudos serão em vão sem uma boa plataforma de operação e análise.

A era digital trouxe com ela uma série de ferramentas interessantes e que mudaram o jeito de operar. Você pode ser um trader com muito potencial, mas, sem os recursos adequados, fica difícil ter sucesso. A realidade do mercado é dinâmica e rápida, logo, é preciso dançar conforme a música.

Um bom computador é indispensável, preferencialmente, que seja direcionado apenas para o trading. Uma plataforma que trabalhe em tempo real também é fundamental, permitindo acompanhamento e análises eficientes. Por fim, busque uma corretora competente e que acompanhe esse ritmo.

6. Saiba a hora certa de operar

Um trader eficiente sabe a hora de operar. O mercado apresenta oportunidades diferentes e elas podem gerar bons rendimentos. Entretanto, há momentos em que é melhor esperar um pouco e avaliar com calma qualquer movimento.

Os diferentes comportamentos do mercado ajudam nessa tomada de decisões. Uma época de alta, quando o mercado está bullish, representa boas oportunidades de vendas, saindo de posições. Ao contrário disso, em um cenário bearish, quando a queda dos preços significa a hora de adquirir ativos baratos, com boas perspectivas futuras.

Ter a percepção do momento é fundamental para colher os melhores resultados. Além disso, os riscos de perdas também são controlados mais facilmente. Em longo prazo, saber a hora certa e operar vai medir o nível de sucesso do trader.

7. Monitore suas posições no mercado

Se você quer saber como se tornar um trader experiente, precisa entender a importância de acompanhar os ativos. Quando você entra em uma posição, precisa observá-la de perto, avaliando a variação dos preços.

Esse é um trabalho fundamental, sendo também uma etapa da gestão de riscos. Operar com várias posições ao mesmo tempo já é um risco. Se elas estiverem instáveis, isso vai demandar sua atenção, controlando a operação para evitar perdas.

Sendo assim, primeiramente, opere de forma controlada. Trabalhe com um número que garanta a tranquilidade no monitoramento dos ativos. Esteja sempre atento e acompanhando tudo de perto, preferencialmente, com uma plataforma que ofereça uma visualização otimizada das aplicações.

Não há mistério em como se tornar um trader experiente. Há muito esforço, estudos, boas práticas e adequação às suas condições financeiras, assim como disponibilidade de tempo. Siga esses 7 passos e colha os frutos do sucesso.

Buscando soluções em tecnologia para sua rotina de trader? A Nelogica tem as melhores plataformas do mercado. Entre em contato conosco e saiba mais!