View Blog 145
View Blog 145

Descubra o que é necessário para investir no mercado Bovespa

Você sempre quis fazer algum investimento, mas sempre achou que não era pra você? Então temos uma boa notícia: a bolsa de valores não é somente para pessoas com muito poder aquisitivo e pode te proporcionar grandes lucros!

Mas, para isso, existe uma série de conhecimentos prévios necessários para que isso aconteça. Quer saber o que é necessário para entrar nesse mundo e conquistar a tão sonhada independência financeira? Então acompanhe esse artigo e entenda junto com a gente.

Conheça o que é preciso para investir no mercado

A dúvida de por onde começar é o que barra a maioria dos que se interessam pelo mercado de capitais. Mas o fato é que não é tão difícil como parece.

Sabe receita de bolo? Esses são os ingredientes que você precisa para começar a investir no mercado!

Crie um fundo reserva

O “crie um fundo reserva” não está no topo por um acaso. Antes de pensar em começar a investir, mesmo não existindo um mínimo para operações, crie uma conta somente para seus investimentos.

Não entre no mercado financeiro com o dinheiro que você paga suas contas. Esse talvez é um dos maiores motivos pelo qual mais de 90% larga a bolsa de valores depois das primeiras operações com prejuízo. O capital que você vai investir no mercado deve ser totalmente à parte; por isso, ter um fundo destinado somente à isso é essencial.

Informa-se com todas as notícias do país e do mundo

No mundo globalizado, muita coisa está correlacionada. Um furacão nos Estados Unidos pode ter efeito sobre o estoque de petróleo e afetar as ações das empresas daquele setor. Ou ainda a decisão da taxa de juros americana impactar na cotação do dólar. Se você já possui o ProfitPro, pode acessar, todos os dias, o Market Report, um resumo das principais notícias do dia direto na plataforma! Caso ainda não assine, faça um teste gratuito.

Saiba interpretar as consequências que algumas ações ou decisões podem causar. Pensar como um verdadeiro analista é fundamental. Informação é tudo!

Conheça os horários das negociações

Os horários de negociação dos ativos são diferentes. Basicamente o mercado abre às 9:00h para os mercados de commodities, futuros de índice e dólar. Às 10:00h abre o mercado de ações e opções.

Todos os mercados possuem pré-abertura com exceção do mercado de commodities, todos têm call de fechamento e apenas o mercado de ações possui after market (oferece operações e ajustes para operadores que não conseguiram durante o horário de pregão normal, com limites de oscilação).

Preste atenção em épocas com o horário de verão. As negociações na B3 normalmente ganham 1h a mais, das 10h às 18h (o normal seria até as 17h), sem after market.

Escolha uma boa corretora (e tenha ciência dos custos fixados)

Escolher uma corretora é uma importante missão. Você precisa prestar atenção principalmente nos seguintes aspectos:

  • O atendimento prestado;
  • A reputação;
  • Os serviços disponibilizados;
  • As taxas.

Além disso, saiba ainda que você terá custos, como a taxa de corretagem  emolumentos e o Imposto de Renda. Esses são os principais e é preciso estar ciente que eles existem.

Perceba o seu melhor horário para operar

Isso depende muito do perfil do trader. Normalmente os horários preferidos são na abertura e no fechamento da bolsa, por um maior volume de negociações. Escolha com base na sua lógica de estratégia e o ativo que você optou negociar.

Defina a estratégia de atuação

Definir seu método, estudá-lo, saber como utilizar e lidar bem com perdas é essencial. Elas vão acontecer, não há como ganhar dinheiro na bolsa de forma consistente. Dessa forma, avalie o que o dinheiro representa pra você. Bons investidores e bons traders sabem unir visão saudável do dinheiro, técnica e acompanhamento constante do mercado.

A escolha dos métodos é a primeira etapa da sua estratégia para operar. Nunca esteja à mercê da sorte. Conheça a fundo as técnicas que você decidiu adotar, a diferença vai ficar evidente na sua conta.

Não tenha medo de investir em renda variável

O próximo passo é algo que você precisa desenvolver na sua forma de pensar: Existe um grande mito de que você precisa de grande aporte financeiro para investir na B3.

O mercado hoje está muito mais acessível se compararmos com os anos passados. Na prática, qualquer pessoa que possuir um pequeno fundo destinado a investimentos pode fazer aplicações em renda variável.

A movimentação nos preços dos ativos negociados no mercado financeiro resulta da interação de uma série de emoções demonstradas pelos investidores. Nesse momento, é preciso ser racional e confiar nos seus conhecimentos e estudos prévios, tentando deixar as emoções de lado ao observar as oscilações do mercado.

Procure ter domínio próprio, não seja comandado pelo impulso ou pelo medo. Aprenda a lidar com os riscos, e encare a volatilidade como algo natural. Bons resultados são consequência de dedicação, não de acomodação.

Saiba a importância de deixar a ganância

A ganância é a ideia de que algo nunca é suficiente, ou que será insuficiente em algum momento. Entrar em uma operação envolve tudo que você aprendeu até hoje: riscos x retorno, necessidade de fazer a escolha certa (no momento correto) e o medo de fazer escolhas que vão à contramão do seu capital. Sair de uma operação inclui sentimentos como perda, ganância e controle.

Entrar no mercado parece muito mais fácil do que sair dele. Isso acontece porque quando você zera uma posição, suas crenças são diferentes das que fizeram você entrar. Você começa com expectativas de ganhos e perdas, mas a volatilidade que faz o mercado ser o que é, pode balançar seu emocional.

Não pense em lucro e prejuízo quando você zera uma posição. Mantenha sua concentração no que mais importa: os movimentos do mercado e sua convicção do que você acha que acontecerá com os preços.

Então entenda: as crenças que fizeram você começar a operar e entrar para esse mundo, serão diferentes das crenças que você vai se deparar ao largar uma operação. Isso precisa ficar bem claro na sua cabeça.

E lembre… não operar também é operar

Não é preciso estar em todas as oportunidades e nem operar em todo o tempo que o pregão funcionar. Assim que você compreender que saber quando é hora de ficar de fora e não fazer operação alguma, também é operar, você vai se tornar um bom trader.

Traders de alta performance pegam um pouco do mercado e saem em seguida. Inclusive se eles têm perdas seguidas, entendem como um sinal de que algo está errado e que o melhor é deixar para operar em outro momento. Aqui, o essencial também é fazer uma auto avaliação, para analisar o que está está lhe incomodando ou rever as análises que não estão funcionando.

Quando identificamos e aceitamos os problemas que afetam os negócios, começamos a criar vida no mercado. Você também consegue seguir uma vida disciplinada muito mais facilmente.

Gostou desse artigo? Você também pode gostar de ler nosso guia completo sobre renda variável para entender melhor sobre os diferentes tipos de ativos.