hora dt
hora dt

Day trade: É hora de começar? Entenda como o day trade funciona na prática!

Toda pessoa que teve algum contato com o day trade sabe que é uma atividade que possibilita altos ganhos. Mas altos ganhos significam riscos maiores. O day trader é um profissional que tenta, literalmente, tirar um salário da Bolsa.

Se tornar um day trader de sucesso não é uma tarefa fácil, você vai precisar desenvolver diversas habilidades para conseguir ter uma boa performance. Você está preparado para ser um destes profissionais? Neste artigo vamos detalhar todos os aspectos desta modalidade e te mostrar tudo que você precisa saber sobre day trade!

Entendendo o day trade

Day trade é um tipo de operação no mercado financeiro em que a abertura e o fechamento da operação ocorre no mesmo dia. Você compra agora e zera daqui a 5 minutos. Ou também, entra vendido pela manhã e zera no final da tarde. É fortemente especulativo. O objetivo é aproveitar pequenas movimentações do mercado.

Por exemplo, um day trader vai realizar a compra de 800 ações da PETR4 às 10:40 e a venda das 800 ações às 13h. Então sempre que o operador comprar e vender um ativo no mesmo pregão esta operação é considerada uma day trade.

Diferente da mentalidade de um investidor, o trader não se preocupa com o valor de um ativo ao longo do tempo. A informação fundamental de um day trader é saber qual o preço e o que estão fazendo com ele. Saber se a empresa que ele está operando tem potencial para crescer em 5 anos, por exemplo, não terá muita importância.

Isso não quer dizer que um day trader não se utilize de fundamentos da economia para operar, porém, o processo decisório ocorre em um curto espaço de tempo. Em um curto espaço de tempo um ativo pode cair, mesmo que a expectativa de longo prazo seja de alta. Percebe a diferença? Aí entra a chamada especulação.

No day trade, o importante é estar na ponta certa. Quando o mercado cair, você já deve estar vendido. Quando o mercado subir, você já deve estar comprado. Prever que o mercado vai subir ou cair? Impossível prever. Um day trader trabalha com probabilidades e gestão de risco.

O day trader é um investidor?

Analisando essa modalidade, podemos afirmar que o day trade é uma forma de especulação.  Neste caso, há uma grande diferença entre um day trader e alguém que apenas compra um ativo com objetivos de longo prazo.

Basicamente, o investidor busca o valor de um ativo. Ele investe no mercado olhando para o quanto um ativo pode se valorizar. Por isso, pequenas variações de preço não são úteis para o investidor (a não ser que ele deseja comprar uma quantidade maior do ativo).

Já o day trader é quem realiza operações intraday, buscando identificar rupturas e variações de preço no ativo, que podem render oportunidades tanto em operações de compra quanto operações de venda. Não é que o trader não se importe com o valor, mas como a temporalidade é muito menor, o que importa é aproveitar as pequenas variações no dia.

No day trade, centavos valem muito! O mercado é visto pelo day trader como uma profissão, ou seja, ele tenta extrair dinheiro do mercado o mais rápido possível e com o menor risco possível.

Como saber se tenho perfil pra isso?

Ninguém nasce preparado para o mercado. As teorias que juntam psicologia e economia mostram que o ser-humano nasceu preparado pra ganhar, mas não pra perder. No day trade a perda faz parte do processo. Na prática, se tenta ganhar mais do que perder, mas ganhar sempre é algo que não acontece.

Então, fique com a informação: é um processo de aprendizado que leva um tempo. Em outras palavras, ninguém tem perfil real para o mercado, mas vai sendo moldado ao longo do tempo. Quer ser um trader? Desenvolva os atributos abaixo:

Saber perder e parar

O “saber perder” é um dos comportamentos mais difíceis de aprender. Até porque todo mundo já nasceu preparado para ganhar. Mas estar preparado para perder parte do seu capital sem jogar tudo pra cima? Esse é um desafio real. No day trade as perdas são constantes e o que vale é o resultado do operacional como um todo, não de um trade.

Ter esse entendimento vai te ajudar a construir estratégias para reduzir as perdas e mitigar os riscos desta modalidade de operação. Porém, entender isso na teoria é fácil, mas na prática é totalmente diferente.

Existem alguns sistemas de limites financeiros, por exemplo: dia a dia você realiza operações no mercado, porém você define um limite de perda máxima para um único dia de operação. Isso vai te auxiliar a não ter uma perda muito elevada em um único dia de operação.

Mas, e se você estourar seu limite de perda no dia? Você consegue parar e entender que todo dia tem  mercado, e por isso amanhã pode ser melhor? Essa é a clássica pergunta que só você vai ter a resposta.

Não “perder a cabeça”

Manter “a cabeça no lugar” é fundamental no day trade. As perdas só aumentam se você não seguir sua estratégia e resolver ir para o all-in. O mercado pune de forma severa quem vai pro tudo ou nada.

Lembre-se que operações de curto prazo devem ter um embasamento teórico de alguma metodologia de análise, como o Tape Reading ou a Análise Técnica. Não encare suas operações como uma “aposta” no mercado.

Para isso, é importante planejar bem o operacional e operar o que planejou. Muitos traders pecam por não seguirem seu plano. Muitos movem o stop, zeram antes do alvo… Enfim, não conseguem de maneira nenhuma seguir o próprio objetivo. E isso influencia no resultado final.

Se no meio do trading você percebe que perde o fio da meada e começa a operar sem critério, saia da frente da tela e vá fazer qualquer coisa que não seja operar. Um mindset preparado para o mercado produz bons frutos, mas um mindset enfraquecido é uma máquina de loss.

Quais são as vantagens e desvantagens do day trade?

O day trade proporciona valores que não são nem de perto compatíveis com investimentos padrão. Tanto para ganho, quanto para perda. Fazer 50% do capital em um dia, por exemplo. Que produto financeiro pode dar isso? A especulação pode. Novamente: tanto para ganho como para perda. Dinheiro, flexibilidade de tempo e liberdade são palavras que saltam aos olhos. Mas deve se ter alguns cuidados.

Abaixo vamos detalhar as principais vantagens e desvantagens do day trade, confira!

Ganhos financeiros significativos

A agressividade de valores que o trading pode proporcionar é algo que chama muito atenção. Ganhar R$ 5.000,00 em um dia, por exemplo. Que profissão possibilita isso? Poucas que você conheça e certamente não são todos que fazem.

Mas o retorno é sempre proporcional ao risco. Ao mesmo tempo que é possível dobrar ou triplicar o capital em poucas operações no day trade, também é possível perder esse capital. Lembre  sempre que você arrisca o seu capital para ganhar mais dinheiro. Por esse motivo, sempre haverá risco de perda.

No mercado a maior parte dos operadores perde, porém, os ganhadores consistentes alcançam valores realmente muito interessantes. Com o advento da internet e de professores do mercado, o que antes era visto como impossível, atualmente é real. Certamente você conhece pelo menos uma pessoa que vive de mercado hoje.

Por outro lado, não saber o que está fazendo pode gerar perdas gigantes. Você também deve conhecer alguém que perdeu dinheiro na Bolsa. Mas não esqueça que quando você é trader, você é o responsável pela sua história.

Flexibilidade de tempo

O resultado no mercado financeiro pode ser feito em segundos, minutos ou horas. Você não tem a obrigação de ficar das 9h às 18h em frente à tela. Talvez, dependendo da estratégia, tem que permanecer. Mas o fato é que quem faz o tempo dentro do mercado financeiro é você e sua necessidade operacional.

Tem quem opere apenas pela manhã, que possui mais liquidez. Obviamente que isso deve ser relativizado: não acredite que você vai chegar de cara e fazer o resultado antes das 10h e depois voltar a dormir. 

No day trade, é necessário estar atento aos movimentos do mercado diariamente. É preciso foco, concentração e preparação. Você está contra grandes gestores, fundos de investimento de grande poder financeiro e brokers que atuam para outros grandes clientes. Você, aspirante a trader, é um na multidão!

No futuro, pode ser que você tenha experiência e capital para realizar poucas operações durante a semana e relaxar durante o restante do mês, mas no início é apenas um sonho distante. Caminhe os passos necessários para isso.

Liberdade

Essa é mais uma daquelas palavras bonitas que todo mundo ama repetir. Com certeza o day trade te proporciona liberdade de não operar determinado dia ou após o operacional ir almoçar no shopping com seus filhos. Mas aquilo que é muito bom, também tem seus preços. Um trader não se forma do dia pra noite.

Fique atento ao outro lado da moeda: não vire escravo do trading. Saiba fazer disso uma profissão que te dê a possibilidade de aproveitar da sua flexibilidade de tempo. Não adianta trocar uma profissão “comum” para ficar 24h por dia na frente do computador.

Esse “vício” operacional pode afetar negativamente o seu desempenho durante as operações. Você ainda pode acabar caindo no overtrading, que basicamente seria realizar diversas operações a mais do que se havia planejado e ainda chegar em um resultado negativo ao final do pregão.

O segredo é estudar bastante e encontrar um equilíbrio da sua gestão de tempo, sempre atuando de maneiro profissional, independente da situação.

Escolhendo um ativo para o day trade!

A escolha de bons ativos para acompanhar e começar a operar é fundamental para o sucesso de qualquer trader. Isso quer dizer que nem todos os ativos são boas escolhas para operações intraday, pois são necessária algumas características chave.

Para escolher um ativo é importante inicialmente saber qual o contexto de mercado daquele ativo. Quais parâmetros são importantes? Está ligado a que setor da economia? É envolvida por fatores externos? Faz parte do cenário político? A partir disso, você consegue traçar cenários positivos ou negativos.

Além disso, esse ativo precisa ter uma alta volatilidade e uma boa liquidez. Se um papel não possui liquidez, significa que não há players negociando esse ativo, ou seja, não há oferta e demanda, o que complicaria na hora de entrar e sair de algum trade.

Já a alta volatilidade significa que o ativo possui uma boa distorção do preço, proporcionando um cenário perfeito para o day trader realizar suas operações e obter lucro. Você vai notar que alguns ativos não possuem liquidez e nem volatilidade, se observamos um curto período, por isso é importante buscar ativos com essas características.

E então, quais os ativos mais operados no day trade?

Dentro dos parâmetros que abordamos, os ativos mais escolhidos para realização de operações day trade são os minicontratos futuros de Índice Bovespa de Dólar. Esses ativos são muito escolhidos pois possuem altíssimos níveis de liquidez e volatilidade.

Além dessas características, grande parte das corretoras oferecem alavancagem financeira para operações com os minicontratos, então você não precisa ter um grande capital para iniciar os seus trades.

Além dos contratos, as principais blue chips também são muito operadas no day trade, como ações da Petrobras (PETR4), da Vale (VALE3) e dos principais bancos, como Bradesco (BBDC4), Itau (ITUB4) e Banco do Brasil (BBAS3).

Conheça as principais metodologias de análise para o day trade

O embasamento teórico para suas operações é fundamental para que não transforme seus trades em apostas. Para o day trade as principais metodologias de análise utilizadas são a Análise Técnica e o Tape Reading

É importante saber que uma metodologia nunca será 100% assertiva. É sempre uma projeção de mercado. Como é uma projeção, não espere acertar sempre. O operador de mercado trabalha com probabilidades, então é preciso acertar mais que errar.

A seguir vamos detalhar os principais conceitos de cada uma dessas técnicas e como elas podem te auxiliar a realizar boas operações no day trade!

Análise técnica

A análise técnica estudas os movimentos passados do preço de um ativo para tentar prever movimentos futuros. Basicamente essa técnica utiliza padrões gráficos, correlações de mercado e indicadores técnicos que vão sugerir movimentos futuros.

Assim, com base nessa sugestão, o trader poderá tomar a decisão de realizar uma compra ou uma venda em um determinado ativo.

Com essa metodologia aplicada corretamente é possível identificar com facilidade a tendência em que se encontra o ativo. Por exemplo, identificando uma tendência de alta, a análise sugere que o preço continuará subindo.

A Análise Técnica é muito utilizada no day trade pois é uma técnica bastante flexível. O instrumento de estudo desta análise é o próprio comportamento do preço, então ela pode ser aplicada em qualquer ativo que tenha oscilação de preço e negociação.

Tape Reading

O Tape Reading, também chamado de Análise de Fluxo, já é um pouco diferente. Nesta metodologia o trader observa as ofertas e agressões dos grandes players, e busca informações que possam sugerir a direção do preço com base no fluxo de ordens.

Para a utilização desta técnica são utilizadas ferramentas mais específicas como o Livro de Ofertas que reúne as intenções de compra e venda do ativo. O Times and Trades que vai mostrar ao trader as negociações acontecendo em tempo real. E o Volume at Price, que vai mostrar os níveis de preço onde houve o maior acúmulo de negociações.

Obviamente existem outras ferramentas que vão te auxiliar na tomada de decisão, mas o principal é entender quem de fato está movimentando o mercado para então realizar suas entradas e seguir este fluxo.

Quero começar no day trade, o que eu faço?

Para iniciar no mundo do day trade, você deve ter além do conhecimento, acesso a algumas ferramentas básicas para te ajudar. Agora você é uma empresa! Na sua vida de trader, você será o CEO, gerente, analista, assistente e executor. Assim, o resultado depende de uma boa organização.

Abrindo conta em uma corretora

O primeiro ponto é abrir a conta em uma corretora e verificar se o seu perfil de investidor está de acordo para operações com ativos de risco e na modalidade day trade. Lembre-se que o day trader deve entender e ter noção dos riscos operações.

Busque uma corretora com as características ideias para você. Nos dias de hoje você encontra o Profit nas maiores corretoras do Brasil e inclusive pode realizar a contratação diretamente com a Nelogica, então procure uma corretora que possa te oferecer um bom serviço.

  • Corretagem e outros custos: Verifique com atenção todos os custos da corretora. Se as taxas forem altas demais para o seu perfil, isso pode acabar inviabilizando suas operações. Coloque na ponta do lápis seus gastos entre corretagem, emolumentos, plataforma e defina algumas opções.
  • Atendimento: Atendimento é fundamental. Em algum momento, você vai precisar fazer contato com a corretora, seja para resolver um problema, seja para que te retirem alguma dúvida. Busque corretoras com atendimento adequado.
  • Infraestrutura: Uma boa corretora possui uma boa infraestrutura. Infraestrutura corresponde à ágil resposta para operações day trade. Busque por corretoras que tenha boa performance tecnológica para o day trade.

Verifique com atenção também os planos da corretora e tire todas as suas dúvidas antes de realizar uma contratação. Lembre-se que a corretora que você escolher também será a sua parceira na sua jornada a day trader de sucesso.

Construindo seu plano de trading

O day trader deve se preparar como um empreendedor, e para isso, um plano de negócios e uma pesquisa de mercado são fatores essenciais para o sucesso de qualquer empresa. No day trade você fará um plano de trade!

Neste plano você vai colocar todos os detalhes da sua rotina operacional, suas estratégias e setup e sua gestão de risco. É importante que esteja tudo anotado para facilitar a atualização e verificação deste plano, possibilitando que reveja todos os pontos e realize ajustes caso necessário.

Para saber mais detalhes sobre a construção deste plano, confira neste artigo. Nós realizamos um passo a passo para você construir um plano de trading vencedor.

Estudo e planejamento fazem parte da rotina

Qualquer trader que deseja atingir a consistência deve estar na constante busca por conhecimento. O mercado é muito similar a um organismo vivo que está em constante mutação. Sempre haverá novas técnicas, estratégias e períodos onde os ativos mudam de comportamento.

Dentro destes ciclos você precisa se adaptar para estar sempre em sintonia com as mudanças que podem acontecer. Para isso buscar conhecimento, estudar o mercado financeiro e sempre acompanhar o cenário macroeconômico podem potencializar os seus resultados.

Uma dica é montar rotinas de estudos semanais ou até mesmo diárias. Assim, aos poucos, você vai se aprimorando, ganhando experiência para um dia viver de mercado.

Por que usar uma plataforma profissional?

Uma plataforma para day trade oferece ferramentas para diferentes perfis analíticos, de gráficos a ferramentas de fluxo. Além disso, é necessário recursos para gestão das operações como stops, ferramentas avançadas de acompanhamento e performance.

Neste momento, fazer uso de plataformas amadoras apenas te trará dores de cabeça e vai atrapalhar o seu desenvolvimento no mercado. Então, abaixo separamos os principais diferenciais do Profit para você entender a diferença que uma plataforma profissional pode causar.

Recursos avançados de análise

Com o Profit você pode observar gráficos temporais e atemporais, como o Gráfico Renko e o Gráfico de Pontos. Além disso, terá a disposição dezenas de indicadores técnicos que vão te auxiliar na sua tomada de decisão.

O Profit, além de ser uma plataforma profissional, conta com diversas opções de customização. É possível ajustar e ressaltar pontos que você julgar importante no seu operacional.

Profit 1
Profit 1

Se você optar por aplicar a metodologia do Tape Reading, terá todo o ferramental analítico voltado ao acompanhamento dos fluxos do mercado, como o Times and Trades, Volume at Price, opções de monitoramento e filtros de lotes especiais, Volume at Market, entre outros recursos.

Acompanhamento e diagnóstico dos seus resultados

O Profit também conta com ferramentas para o acompanhamento dos seus resultados e também recursos de diagnóstico da sua performance. Um destes recursos é o relatório de performance, que via te mostrar em detalhes, cada trade que você realizou.

Com isso, fica mais mais fácil ver em quais trades você fugiu do seu gerenciamento e em quais pontos você deve calibrar para melhor ainda mais a sua performance no mercado.

Profit 2
Profit 2

Agora caso queira se aprofundar um pouco mais no day trade, confira nosso curso de Introdução ao Day Trade que está disponível em nosso Youtube de forma gratuita…