View Blog 093
View Blog 093

LTA e LTB na análise gráfica: o que é e como utilizar para otimizar seus trades

As LTA e LTB correspondem às linhas tendências utilizadas na análise gráfica com o objetivo de otimizar os resultados das operações no mercado financeiro.

Por ser uma técnica com ótimos retornos, quando bem usada, é muito importante que o trader entenda bem o funcionamento da LTA e LTB e saiba usar as informações disponibilizadas da melhor maneira possível.

No artigo de hoje, vamos falar sobre o tema e mostrar a influência das linhas de tendências para o cotidiano do trader, assim como deve ser feita a sua análise e identificação. Continue a leitura e acompanhe!

O que são linhas de tendências?

A movimentação do mercado financeiro não acontece em linha reta, mas de acordo com impulsos e suas correções, que assumem o formato de zigue-zague. Essa formação na verdade corresponde às linhas de tendência, que podem ser de alta (LTA) ou baixa (LTB) de acordo com o cenário.

As tendências podem ser de longa ou curta duração, porém, independentemente disso, é possível identificar pontos de compra e venda pelo uso da LTA e LTB durante a análise técnica.

Qual a importância da análise das linhas de tendências durante as operações?

As linhas de tendências são relevantes, pois fornecem importantes avisos sobre o movimento do mercado, facilitando a tomada de decisões mais certeiras.

Para fazer a análise de uma linha de tendência, é indicado levar em consideração fatores como comprimento, periodicidade, volume, inclinação e número de vezes que o preço tocou a tendência.

No geral, quanto maior o período analisado, mais segura é a análise para a identificação de uma tendência principal. Uma linha de tendência de curta duração indica um comportamento generalizado em um espaço menor de tempo, enquanto uma de prazo mais longo reflete um período evidentemente maior.

Como identificar uma LTA e LTB?

Uma LTA corresponde à linha diagonal que liga fundos ascendentes no mínimo e tem como objetivo principal monitorar as tendências de alta do preço de determinado ativo. Entre as características capazes de ajudar a identificação de uma LTA estão:

  • grande inclinação ascendente;
  • funciona como suporte, sendo que quanto mais próximo o preço estiver da LTA, maior será a pressão compradora;
  • quanto mais fundos tocarem a LTA, mais a tendência de alta é significativa;
  • o rompimento da LTA para baixo, sinaliza a reversão da tendência atual.
LTA
Exemplo ilustrativo de LTA

Já uma LTB corresponde a uma linha diagonal que serve para ligar no mínimo dois topos em sentido descendente, que foram traçados a partir de nível mais alto da tendência. O objetivo principal é monitorar as tendências de baixa de determinado ativo. Entre as características que podem ajudar a identificação de uma LTB estão:

  • grande inclinação decrescente;
  • funciona como resistência, sendo que quanto mais próximo o preço estiver da LTB, maior será a pressão de venda;
  • quanto mais topos tocarem a LTB, mais a tendência de baixa é significativa;
  • o rompimento da LTB para cima, sinaliza a reversão da tendência atual.
LTB
Exemplo ilustrativo de LTB

Falamos, portanto, sobre o que são as linhas de tendência, assim como a importância do trader estar preparado para identificar uma LTA e LTB durante a sua análise gráfica para tomar as melhores decisões a partir das informações fornecidas de acordo com o cenário do momento.

Conclusão

Todos os estudos das linhas de tendência e muitos outros são possíveis com as ferramentas disponíveis no Profit Pro! Você operando com ferramentas profissionais. Caso ainda não conheça a nossa plataforma, faça um teste gratuito. Quanto mais informação o trader tiver, mais consciência e potencial terá de alcançar os melhores resultados!

Consulte nossos outros artigos no blog e também nosso canal no YouTube. Bons estudos e bons gains!