Market Update 15/03/2021

Topo

Atenção para os novos horários de operação da B3!

A partir de hoje, segunda-feira, 15 de março, a B3 – bolsa brasileira – retorna ao seu horário normal de operação, com encerramento das negociações às 17h (horário de Brasília). Desse modo, o Ibovespa abre às 10h, com o fechamento às 17h. Essa mudança traz novamente as negociações das 17h30 às 18h, chamadas de “after market”

Ativo 14

cotacoes 15

 

Ativo 20

15/03 – Boletim Focus

De acordo com a divulgação do último Boletim Focus divulgado hoje (15), a expectativa de inflação medida pelo IPCA passou de 3,98 para 4,60%; O aumento pode gerar aumento na taxa Selic para conseguir atender à meta de inflação fixada pelo Conselho Monetário Nacional. Já para 2022, a meta de inflação é de 3,50%.

Para o PIB a estimativa para o crescimento encolheu, passando de 3,26% para 3,23%.

Já para o dólar, a projeção do câmbio para o final de 2021 subiu de R$ 5,15 para R$ 5,30.

Ativo 11

17/03 – Reunião COPOM e definição da taxa Selic

Está previsto para a próxima quarta-feira (17) o aumento da taxa Selic em, ao menos, 0,5 pontos percentuais, seguindo a tendência para tentativa do controle da inflação no país. Fique ligado!

 

Nacionais

Pazuello pede para deixar ministério por problemas de saúde, diz jornal; cardiologista é cotada para assumir cargo

Atenção para possíveis impactos no mercado! O ministro da Saúde Eduardo Pazuello teria pedido afastamento do cargo para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo informações do jornal O Globo. Segundo o jornal, o general teria comunicado estar com problemas de saúde e que precisaria de tempo para se reabilitar. Saiba mais em Infomoney.

Ativo 11

Bolsa de valores volta a fechar às 17h a partir desta segunda-feira

Desde o dia 3 de novembro do ano passado, a bolsa estava funcionando em horário estendido para se adaptar à bolsa de Nova York (que estava a duas horas de diferença para o horário de Brasília). Como ontem (14) os Estados Unidos passaram a adotar o horário de verão, a diferença entre Brasil e Nova York voltou a ser de apenas uma hora, o que permite que a bolsa volte a operar em seu horário normal. Saiba mais em Valor Investe.

 

Mercado 1

Ibovespa recua com pressão em Wall Steet, mas PEC Emergencial ameniza tombo na semana

O Ibovespa encerrou o último pregão da semana em queda de 0,72% aos 114.160 pontos, em correção puxada pelo exterior com os rendimentos dos títulos públicos nos EUA pressionando Wall Street e impulsionando o movimento de rotação de carteiras. Na semana, o índice brasileiro perdeu 0,90%, enquanto o índice de blue chips, Dow Jones, subiu 4,07%, com ações do setor de energia e bancos entre os principais suportes. Saiba mais em Forbes Money.

 

Economia 2

Alta da inflação pode induzir BC a elevar juro básico da economia pela primeira vez em sete anos

A forte inflação dos alimentos, dos combustíveis e do dólar, somada à tensão política, pode levar o Banco Central a aumentar nesta semana os juros básicos da economia. Caso se confirme, será a primeira elevação em quase sete anos — a decisão do BC sobre a taxa Selic, que tem por objetivo conter a inflação, será anunciada na próxima quarta-feira (17). Saiba mais em G1 Economia.

 

Politica 1

Fórum de governadores pede ao governo federal medidas de restrição em âmbito nacional

O Fórum Nacional de Governadores enviou neste domingo (14) uma carta ao Ministério da Saúde solicitando que o governo federal adote medidas restritivas em âmbito nacional diante do agravamento da pandemia de Covid-19 no país. Os governadores pedem, por exemplo, a implementação de medidas relacionadas ao funcionamento de aeroportos, portos, rodovias e ferrovias do país, com exceção das que possam afetar o transporte de carga e os serviços considerados essenciais. O objetivo é conter o avanço do contágio da doença no Brasil. Saiba mais em G1 Economia.

 

Internacionais

Bolsas da Ásia fecham sem direção única de olho na alta dos juros do Tesouro dos EUA

As principais bolsas de valores da Ásia fecharam sem direção única nesta segunda-feira com Wall Street ainda causando repercussões devido à valorização dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos, gerando reações distintas no mercado. No Japão, o Nikkei, índice referencial da Bolsa de Tóquio, subiu 0,17%, a 29.766,97 pontos, puxada por ganhos em ações de automóveis e bancos, graças sobretudo ao enfraquecimento recente do iene frente ao dólar, o que ajuda os exportadores. Saiba mais em Valor Investe.

Ativo 11