wall_street

NASDAQ e NYSE: Conheça as Diferenças Entre as Principais Bolsas Americanas

A crise levantou novamente, entre outras coisas, a discussão a respeito da (des)valorização da nossa moeda perante outras no mundo inteiro, bem como formas de proteger o capital de uma grande desvalorização.

Com muita tecnologia embarcada e soluções práticas para diversificar a carteira em capital estrangeiro, como é o caso dos ETFs e BDRs, por exemplo, um número crescente de brasileiros vêm optando por destinar um percentual dos seus investimentos a uma carteira exposta ao dólar.

As projeções são de que, em 2026, sejam aproximadamente 2 milhões de Brasileiros investindo no exterior, especialmente nas Bolsas Americanas. Vamos então conhecer um pouco mais de perto esses dois titãs do mundo financeiro!

Um pouco de história

Fundada em – pasmem – 1792, com quase 230 anos de existência, a NYSE é a Bolsa de Valores mais antiga dos Estados Unidos e também o principal mercado de valores do mundo.

A New York Stock Exchange, nome completo da NYSE, está localizada no distrito de Manhattan, mais precisamente na Wall Street, o centro financeiro e talvez o coração mundial do mercado de capitais. Da NYSE surge também o primeiro índice de que se tem registro, o NYSE Composite, criado em 1966.

Em 1978, o prédio foi inscrito no Registro Nacional de Lugares Históricos dos EUA e, a partir de 2007, juntou-se à Euronext – conglomerado eletrônico das bolsas de valores da Europa – para criar o primeiro mercado de capitais pan-atlantico da história! Não é pouca coisa.

Nas proximidades da NYSE está localizado ainda o famoso “touro de Wall Street”, ou Charging Bull. A estátua do touro em posição de ataque, de autoria de Arturo Di Modica , foi presenteada aos Estados Unidos como símbolo da força de seu povo, mas acabou virando sinônimo dos investidores mais agressivos.

Bull1
William Farrington/New York Post

Já a história da NASDAQ é um tanto mais recente, mas, nem por isso, menos impressionante. O nome é grande, tal qual a sua importância: National Association of Securities Dealers Automated Quotations.

Com o primeiro pregão registrado em 8 de fevereiro de 1971, sua criação tem início no Congresso americano, de onde parte uma petição para aumentar a segurança das transações a partir da automação do mercado, facilitando a regulação e aumentando a transparência. Com isso, a antiga instituição reguladora do mercado norte-americano transforma-se em NASDAQ.

Somente entre 1997 e 2000, foram mais de 1600 (mil e seiscentas) novas empresas integrando a NASDAQ. Justamente em 2000 a empresa sofre uma importante reestruturação, tornando-se uma empresa com fins lucrativos, controlada por acionistas.

A plataforma de operações é controlada pela NASDAQ OMX Group, mesma proprietária do mercado de ações OMX. Por apresentar um processo mais simples tanto para ingresso de novas empresas quanto para negociação pelos clientes pessoa física, atraiu muitas empresas de baixo e médio capital.

Atualmente, é o segundo mercado de ações em capitalização do mundo, perdendo somente para, justamente, a NYSE; sua capacidade de transação chega a impressionantes 6 bilhões de ações por dia.

Divisão e Principais Diferenças

Além da localização e da diferença histórica, existem alguns pontos para entender as particularidades de cada uma das instituições.

NYSE

Criou e mantém alguns dos principais índices utilizados por mercados financeiros em todo o mundo com o Dow Jones e S&P 500, referências dentro dos Estados Unidos e fora dele.

Nessa bolsa são negociadas as ações das maiores e mais longevas empresas norte-americanas. Entre as principais encontram-se Disney, Coke Company, McDonald’s, Boeing e Wal-Mart. São mais de 2.700 empresas listadas, somando um valor patrimonial de impressionantes USD 20 trilhões. Já o volume de negociação diário gira em aproximadamente USD 170 bilhões de dólares.

1000x 1
Michael Nagle/Bloomberg

Como falado nos parágrafos anteriores, o mercado americano possui uma série de índices que podem ser utilizados para medir os ânimos da economia, por assim dizer. Um desses índices é o S&P 500, que reúne as 500 maiores companhias listadas nas Bolsas, o que acaba por refletir a situação econômica do país.

Um outro índice muito notório é o Dow Jones, indicador que existe há mais de 100 anos e é composto por 30 empresas. No entanto, por sua grande representatividade de segmentos, acaba por ser bastante fiel à situação econômica do país.

NASDAQ

Criada nos anos 1970 e convertida para uma empresa com fins lucrativos somente nos anos 2000
É a segunda maior bolsa de valores do mundo. Uma das suas principais características é a concentração de empresas do ramo de tecnologia, incluindo as maiores do mundo, como Apple e Facebook. Outras empresas do ramo presentes na NASDAQ são Adobe, Amazon, Microsoft e Tesla.

Hoje são mais de 3 mil empresas nessa bolsa, mostrando sua dimensão ainda que a segunda maior dos EUA! Além disso, seu volume médio de negociações diárias também chama atenção, tanto que chega a ultrapassar a NYSE nesse sentido. É a bolsa com o maior giro financeiro do mundo em um único dia, gerado a partir de suas mais de três mil empresas listadas.

nasdaqtower091317001 8
Reprodução MIT Technology Review / Nasdaq

Os índices atrelados à NASDAQ são, da mesma forma, muito significativos. Atualmente o NASDAQ Composite e o NASDAQ 100 fazem esse papel. O primeiro revela um retrato do setor de tecnologia, enquanto o segundo replica o desempenho das 100 maiores empresas não-financeiras com ações negociadas no pregão.

Pontos em comum

Somente a NYSE e NASDAQ somam uma capitalização de aproximadamente USD 35 trilhões.
Para se ter uma ideia do que isso representa, basta levar em consideração o fato de que todas as outras bolsas do mundo, somadas, capitalizam algo em torno de USD 55 trilhões. Realmente, é bastante peso financeiro para apenas duas bolsas de valores. Como efeito comparativo, a Bolsa de Valores no Brasil capitaliza um valor próximo a USD 830 bilhões.

Quanto aos horários, as duas também se equivalem. Pelo horário de Brasília, NYSE e NASDAQ abrem às 10:30. No entanto, a pré-abertura inicia às 09:30. O horário de negociação “padrão” vai até as 17 horas e o aftermarket acontece das 17:25 até as 18 horas.

Pensando em você que tem ativos listados nessas duas gigantes ou quer estar sempre por dentro das movimentações do mercado americano, a Nelogica desenvolveu novos módulos essenciais. Escolha entre os módulos individuais NYSE e NASDAQ, ou combine ambos no poderoso US Equities e acompanhe em tempo real as cotações das maiores bolsas do mundo sem sair do Profit!

modulos nasdaq nyse

Vale a pena investir nas Bolsas Americanas?

Os números tanto de volume de negócios, quanto de crescimento, bem como o porte das empresas
Como pôde ser visto, empresas extremamente lucrativas e que tiveram crescimentos consideráveis nos últimos anos estão localizadas nas bolsas americanas.

Comportamentos instáveis são muito improváveis por parte dessas grandes empresas, portanto, os investimentos em empresas americanas são recomendados, sempre observando o seu perfil de investidor e o percentual de renda destinado a essas operações.

Como investir nas Bolsas Americanas?

Existem, basicamente, duas formas de investir nas bolsas americanas: a forma direta e a forma indireta, cada uma com vários desdobramentos entre si. Confira a seguir:

Forma direta

Assim como no Brasil, é possível abrir conta em uma corretora de investimentos americana, que intermediará a compra de ativos financeiros do EUA. O processo, no entanto, é considerado por muitos, altamente burocrático, pois alguns fatores precisam ser levados em conta: o primeiro passo é conferir se a corretora aceita investidores estrangeiros. A próxima etapa diz respeito ao envio de documentação da análise (todos devem estar na língua nativa, ou seja, inglês).

Garantida a aprovação, garante-se acesso a diversos ativos disponíveis naquele mercado, como as ações da NYSE e NASDAQ, Títulos do Tesouro americano, investir no setor de real state (imobiliário) e até mesmo adquirir crédito privado. O caminho pode ser longo, mas altamente vantajoso para muitos investidores!

É possível ainda trabalhar com corretoras brasileiras sediadas no exterior, ou que fazem essa intermediação para abertura de conta e operação no mercado americano. Não esqueça da importância do fator segurança. Use os canais oficiais da FINRA e da SEC (órgãos reguladores locais) para consultar a regularidade das corretoras. Exigências de impostos, câmbio e domínio da dinâmica do mercado em moeda estrangeira também são altamente necessários!

A principal vantagem está no número de empresas disponíveis, e acesso integral aos dividendos, sem pagamento de imposto (enquanto o dinheiro permanecer em solo estrangeiro). Outra curiosidade é o fato do mercado fracionário ser – justamente – ainda mais fracionado. Mas, o que isso quer dizer?

Enquanto na bolsa aqui no Brasil é possível adquirir múltiplos de 1, nas bolsas norte-americanas, é possível comprar ações em casas decimais, como 4,7 ações, por exemplo. Parece loucura, mas isso aumenta o acesso de muitos ativos a investidores de baixa renda.

Forma indireta

Contudo, mesmo sem conta em uma corretora local, ou até mesmo sem realizar remessas de dinheiro ao exterior, é possível alocar recursos e diversificar a carteira investindo em ativos do mercado financeiro norte-americano.

Uma das formas mais simples é a aquisição de ETFs, títulos que replicam os principais índices do mercado dos EUA. IVVB11 e SPXI11 são os dois ETFs disponíveis na Bolsa de Valores nacional, em qualquer corretora brasileira para negociação.

Existe ainda a possibilidade de investimento em ETFs, ou seja, depósitos bancários que replicam papeis americanos. Atualmente são mais de 600 empresas disponíveis para negociação, sendo que, recentemente, o Banco Central retirou a restrição de investidor qualificado para essa categoria de ativo. Ou seja: todos podem investir. Se quiser saber mais, pode conferir o artigo que preparamos falando tudo sobre os BDRs!

O mercado de Forex

O Forex é um mercado exclusivamente virtual, com transações entre diferentes instituições e sem uma operação centralizada, diferente do mercado de ações que centraliza as operações na Bolsa de Valores.

No entanto, esse é um assunto mais complexo e, portanto, será o assunto para os próximos posts. Fique ligado nos canais da Nelogica!

Conclusão

E então, o que acharam sobre esse interessante e gigantesco mundo das bolsas americanas? Lembrando que os títulos BDR podem ser negociados como qualquer ação.

Tanto a operação dos papéis disponíveis para negociação no Brasil quanto as principais cotações dos índices citados nesse artigo, podem ser acompanhados pelo Profit Pro, a plataforma da Nelogica para o mercado financeiro. Conheça o Profit Pro e faça um teste!! Suas operações vão atingir outro patamar.

Deixe nos comentários os assuntos que você gostaria de ver em nossos posts!