View Blog 165
View Blog 165

O impacto das notícias do cenário americano no nosso mercado

Indiscutivelmente as notícias impactam nos preços dos ativos, e consequentemente, no mercado financeiro como um todo. Ainda, se olharmos pela ótica dos impactos que as notícias americanas causam no nosso mercado, é tão significante quanto nossas próprias notícias.

Mas que aspectos devemos analisar em uma notícia para ver se o mercado reagirá como esperamos? E ainda, que tipos de notícias vinda dos Estados Unidos podem refletir no nosso mercado? Saiba com o artigo a seguir!

Entenda como notícias podem impactar o mercado financeiro

Antes de olharmos para o cenário americano e entender como a situação de lá pode impactar nossa bolsa de valores e economia, precisamos entender como uma notícia, no geral, pode afetar nossos mercados.

Sim, as notícias impactam nos preços, mas existem outros aspectos que precisar ser levados em consideração antes de afirmarmos se elas funcionam, e como funcionam. Ainda, até que ponto uma notícia de outro país é capaz de verdadeiramente modificar nosso cenário.

Mais claramente para o trader entender: saiu uma notícia boa, por exemplo, e você compra apostando na alta daquele ativo. O mercado não reage como deveria, e você ficou sem entender porquê?

Com um cenário político conturbado, tanto no Brasil, quanto nos Estados Unidos, ler o noticiário e tentar lucrar nas operações, se tornou uma tarefa cada vez mais difícil. Mas nós simplificamos para você!

Saiba o que há por trás dos preços das ações

A primeira coisa que precisamos avaliar antes de discutir como as notícias impactam no preço de um ativo, principalmente do mercado americano, é saber como o mercado precifica essas ações.

O que está por trás da precificação de um ativo, é basicamente a expectativa de valor daquele ativo em curto, médio e longo prazo.

Em ações, por exemplo, os grandes investidores do mercado projetam as receitas, os investimentos, os custos e todos os demais resultados da empresa. Eles trazem todo esse fluxo para o valor presente, e chegam no que seria o preço estimado daquela ação.

Porém o preço estimado é diferente do preço negociado no mercado. Essa é a divergência de preço e valor.

Pense que qualquer notícia que mostre alguma incerteza no futuro da companhia, por exemplo, pode abalar a perspectiva de valor, logo, afeta o preço. Desta forma, os players entendem que aquela ação vale menos ou mais do que valia anteriormente. É por isso que após uma notícia ruim, o preço de uma ação pode despencar.

Basicamente, nem toda expectativa de valor de um ativo está precificado. Nesse ponto, surgem notícias que podem efetivamente balançar o mercado e outras que são apenas notícias comuns, que já estavam precificadas, como veremos um pouco mais à frente.

Conheça os 3 Tipos de Notícias

Notícias são informações que se tornam públicas. Podemos separá-las em 3 tipos bem simples de entender. Isso pode te ajudar a notar se pode, ou o que pode impactar no mercado.

Pré Agendadas

São os indicadores do mercado. Essas são as notícias que a data e os horários de publicação são conhecidos pelos participantes do mercado. Sabe a divulgação do PIB, dos indicadores importantes como o Payroll e a taxa de juros? Todos fazem parte desta lista. Os players já sabem que a notícia vai sair, mas sempre há expectativa para saber se os dados corresponderão às prévias.

Opiniões

Essas são as opiniões públicas de pessoas, como jornalistas, analistas e políticos. São considerados os formadores de opinião que impactam nas decisões dos players do mercado. O twitter, por exemplo, se tornou nas democracias modernas uma fonte para o mercado: uma frase é capaz de alterar a expectativa dos players sobre guerras comerciais e comércio internacional.

Breaking News

Essas são aquelas notícias que ninguém espera. Por exemplo, operações da polícia federal, a venda de uma empresa que ninguém estava esperando, um ataque terrorista ou algum evento político inesperado.

Esse tipo de notícia é que possui, normalmente, maior impacto para os players. Devido o caráter totalmente inesperado, o comportamento de manada é comum nesses casos, ou seja, “aconteceu algo, então todos vamos vender”.

Assim, as breaking news mexem com a aversão ao risco dos participantes do mercado. Por isso é normal que, mesmo sendo um boato posteriormente desmentido, no momento exato do lançamento desse tipo de notícia, há alta volatilidade e os preços dos ativos mudam rapidamente.

Porque as notícias americanas importam para o trader?

Em um mundo extremamente globalizado precisamos analisar a situação dos Estados Unidos para determinar as oportunidades e ameaças que podem impactar na nossa economia, e consequentemente, nossa bolsa de valores.

Os reflexos de lá ecoam e influenciam o comportamento de todo o mercado e dos nossos principais ativos.

De certo modo, O Brasil se descolou um pouco nos últimos anos da economia americana. Vimos mais claramente esses indícios no final do ano de 2018 e começo do ano de 2019, onde as preocupações e notícias negativas em relação aos EUA eram muitas, mas nossa bolsa acabou performando bem.

Ainda assim, por serem grandes parceiros comerciais e a maior potência do mundo atualmente, suas notícias impactam não somente nosso país, mas todos os demais.

Saiba as próximas notícias vindas dos EUA que podem causar grande impacto

A expectativa é que a economia do Estados Unidos desacelere por vários fatores: anos contínuos em crescimento, a desaceleração da economia mundial e o impacto dos aumentos da taxa de juros básica da economia. Vale lembrar que, na prática, quanto maior for a taxa de juros dos Estados Unidos, maior é o fluxo de dinheiro para o país norte americano. Tudo isso acaba impactando negativamente para países emergentes, como o Brasil.

Esse aumento que está acontecendo gradativamente, representa um tipo de efeito cascata, reduzindo a capacidade das empresas investirem, aumentando o endividamento e reduzindo o poder de compra dos consumidores. A boa notícia é que ainda existe expectativa de crescimento positivo. Por isso o acompanhando das notícias, principalmente dessas pré agendadas, se tornam tão importantes.

Agora analise esse cenário combinado com incerteza política: é isso que os EUA está conseguindo, por exemplo, com as notícias “bombas” acerca da Guerra Comercial – ou guerra tecnológica, como já está sendo chamada – Tudo isso aponta para uma desaceleração da economia americana, e causa nos investidores um sentimento de aversão ao risco. O mundo fica de mau humor. E as bolsas reagem negativamente, caindo.

Para a economia brasileira há expectativa de crescimento. Não como as prévias anteriores, mas ainda assim, é um cenário amigável. Você percebe que descolamos algumas vezes do cenário americano quando temos alguma notícia positiva política-econômica, tendo dias de pregões de alta.

Ainda assim, os traders precisam prestar atenção na agenda econômica dos EUA, bem como suas notícias impactantes. Tudo pode ser refletido nas suas operações.

É quando a notícia é boa, mas a ação caiu?

Uma empresa anunciou números muito positivos em seu balanço trimestral. Mesmo assim, a ação caiu naquele dia. O que aconteceu?

Às vezes, determinada notícia já está incorporada no preço de determinado ativo. Aí surge a importância de entender o que é uma notícia de baixo impacto e o que é uma notícia de alto impacto.

Breaking News, por outro lado, geralmente têm o poder de gerar impactos mais expressivos no preço dos ativos. O efeito surpresa faz com que os players tenham que reagir no mesmo momento. Isso gera correria até o novo preço de equilíbrio.

Como o trader pode lucrar com as notícias?

Quando ocorrem as breaking news, por exemplo, há algumas decisões que precisamos tomar.

Se você está posicionado, e o fluxo e a notícia vierem contra, pode considerar zerar a posição o mais rápido. Assim, é possível evitar grandes perdas.

Mas tudo acaba se baseando na experiência que você têm do mercado. Se não possui, e melhor ficar de fora é agir somente na conta de simulação, para treinar em momentos como esse.

Agora, se você possui experiência é já opera há algum tempo, é a oportunidade perfeita para tirar dinheiro do mercado, aproveitando seu fluxo.

O trader mais experiente têm nesses momentos, como seu grande aliado, o tape reading. Acompanhar o nível de agressão do mercado se torna essencial para qualquer day trader que queira lucrar na Bolsa.

Quanto maior o montante agredido, maior é a urgência em executar a ordem e maior e a urgência desse player sobre algum evento ou notícia que vai impactar o mercado.

Assim, é fácil perceber que nem todos os participantes possuem acesso à mesma informação. Sendo assim, a análise de fluxo pode ajudar muito os traders, porque conseguem acompanhar o que grandes players estão fazendo.

Sua sensibilidade sobre os movimentos normais, ou não, de avanço ou os de correção do mercado; você vai conseguir capturar com maior assertividade o momento que alguém monta uma grande posição.

Gostou desse conteúdo? E que tal ler sobre a importância de uma plataforma que te ajude a treinar no mercado?