View Blog 136
View Blog 136

O que é PETR4 e VALE3? Entenda os tickers dos principais ativos da Bolsa

Operar na bolsa pode ser um desafio quando se precisa descobrir quais são os códigos das ações. A lista de ativos parece uma verdadeira sopa de letrinhas. Esse artigo foi feito para você deixar de lado o medo de não conseguir entender o significado desses códigos de ações, também conhecidos como tickers.

Não sabe o que é PETR4 e VALE3? Confira o artigo a seguir e entenda definitivamente, com facilidade, os códigos desses e outros tickers da bolsa de valores para começar a operar e ter sucesso nas suas operações!

Afinal, o que é um ticker?

Ações são negociadas em códigos chamados de tickers, cada um representando a ação de uma determinada empresa. Normalmente esses códigos quando mostrados em sites de notícia aparecem acompanhados da quantidade negociada e setas vermelhas ou verdes (que fazem referência ao preço atual da ação).

As regras dos códigos mudam conforme o país. Na bolsa de Tóquio, por exemplo, os tickers são compostos por números. No mercado brasileiro, o padrão que você nota imediatamente é o de quatro letras e alguns números.

Descubra agora tudo para entender a lógica por trás dos códigos.

O que é PETR4?

Menos complicado entender do que o próprio nome, o PETR4 é apenas um código de um tipo de ações da Petrobras. Empresa estatal do ramo do petróleo, têm atividades no Brasil e em mais 17 países. Seu grande destaque está na produção de milhões de barris de derivados e mais de dois milhões de barris de petróleo por dia. 

Com aproximadamente oito mil postos, cinco usinas de biodiesel e uma frota que ultrapassa 300 navios, todas as atividades que a empresa desenvolve são:

    • Petroquímica;
    • Comercialização;
    • Transporte;
    • Extração;
    • Refino;
    • Distribuição de derivados;
    • Gás natural;
    • Gás química;
  • Biocombustível.

Os ativos da Petrobras e o índice Bovespa possuem alta correlação. Essa correlação é puramente o quanto esse índice está atrelado à esse ativo. Isso significa que se essas ações sofrerem uma queda muito grande, provavelmente o índice irá cair também.

O que é VALE3?

Também um código de ações, agora da empresa Vale do Rio Doce. A Vale está no ranking das três maiores mineradoras do mundo. Por isso, têm suas ações negociadas da bolsa de Nova Iorque, Paris e Hong Kong.

A maior parte da sua produção também não é destinada ao nosso país. A maior compradora da companhia é a China, que totaliza mais de 50% do que é produzido.

A empresa conta ainda com 13 controladas em seu grupo e 11 coligadas, estando presente em mais de 20 países.

Todas as atividades que a empresa desenvolve são:

    • minério de ferro (maior produtora mundial);
    • pelotas (maior produtora mundial);
    • níquel (maior produtora do mundo);
    • carvão;
    • rocha fosfática;
    • fertilizantes;
    • cobalto;
    • potássio;
    • ferro
  • manganês;

Os ativos da Vale e o índice bovespa possuem alta correlação, e seguem a mesma lógica dos ativos da Petrobras. É importante traders compreenderem o cenário e a tendência do índice no dia de operações.

Já pelo ponto de vista dos investidores, como as operações são de longo prazo, com a ajuda de uma forte análise fundamentalista, é preciso diversificar a carteira de ações. Imagine se sua carteira está muito atrelada ao índice e ele estiver em forte tendência de queda. Sua perda vai ser maior do que se você tivesse diversificado sua carteira.

Entenda os Códigos PETR4 e VALE3

Os códigos das ações podem parecer complicados, mas são de fácil entendimento. As combinações de letras e números seguem um padrão e é importante conhecê-lo antes de começar as operações.

Os códigos possuem sempre 4 letras, em maiúsculo, que fazem alusão à empresa. Depois das letras, o número que aparece remete ao tipo de papel que está sendo adquirido. Confira!

Ações Ordinárias

São aquelas que dão o direito ao recebimento dos dividendos (que é a parcela do lucro apurado por uma S.A.) e poder de voto nas assembleias.

VALE3

Com a VALE3 o próprio nome já é o nome da companhia. Em relação ao número, o 3 significa que essa é uma ação ordinária.

Ações Preferenciais

Dão direito ao recebimento dos dividendos também, mas com preferências, sendo maiores que os das ações ordinárias; e deixando de oferecer poder de voto nas assembleias.

PETR4

No caso do PETR4, o código se refere ao nome Petrobras e o número 4 significa que é uma ação preferencial. Embora negociar os ativos preferenciais da Petrobras seja mais comum, também estão disponíveis para negociação as ações PETR3, ou ações chamadas ordinárias.

Aprenda a interpretar outros códigos de ações

Observe que há 11 possíveis códigos para acompanhar as primeiras 4 letras que fazem referência à empresa. Como mencionado, esses números remetem ao tipo de ação que está sendo adquirida.

Entenda todos os possíveis códigos para operar sem dúvidas:

    • 1 – É o direito de comprar uma ação ordinária, dentro de um preço e prazo predeterminados. Cuidado! Não é a compra da ação, apenas o direito de adquiri-la;
    • 2 – Direito de compra uma ação preferencial, também dentro de um preço e prazo predeterminados;
    • 3 – Compra de ação ordinária;
    • 4 – Compra de ação preferencial;
    • 5, 6, 7 e 8 – Ações preferenciais mas de classes diferentes. Uma ação USIM5, por exemplo, é classe A, enquanto que uma ação CPLE6 é classe B.
    • 9 – Aparece como um recibo de subscrição. Quando é exercido o direito de subscrição de uma ação ordinária, antes dela entrar no portfólio com o código normal, ela aparece como um recibo com o código 9. Pode ser negociada na bolsa, e os valores são aproximadamente aos de uma ação ordinária normal;
    • 10 – O código 10 também é um recibo, com a mesma lógica do 9, mas referente a ações preferenciais;
  • 11 – Para o código 11 não há uma regra. Normalmente o mercado usa esse código para recibos de ações de empresas estrangeiras negociadas na bolsa brasileira.

Os códigos do mercado à vista também podem estar acompanhados da letra B, o que significa que o ativo está admitido para negociação no Balcão Organizado da Bovespa, um mercado onde há ativos de empresas de menor porte, por ser menos burocrático e custoso.

Mercado Fracionário

Se você quer investir pequenas quantias ou têm pouco recurso no seu fundo de investimento, o mercado fracionário pode ser sua melhor escolha.

As ações nesse mercado são negociadas em quantidades inferiores ao lote padrão de ativos. Apesar do spread (que é a diferença do preço de compra e venda) ser menor, por causa da falta de liquidez desse mercado, é uma das melhores alternativas para quem investe pouco.

Os ativos do mercado fracionário se identificam por terem a letra F depois do número.

A ação PETR4F, por exemplo é uma ação ordinária negociada no mercado fracionário.

Lembre que no mercado fracionário os preços são distintos aos do mercado de ações, pois o book de ofertas é outro.

Mercado de Opções

O mercado de opções parece um pouco mais complicado de entender, talvez porque vai contra a lógica do nosso dia a dia. Negociamos o direito de comprar ou vender um bem por um preço fixo em uma data futura. Quem adquire o direito paga um prêmio ao vendedor. Esse prêmio não é o preço do bem, mas um valor pago para ter a opção de comprar ou vender esse bem em uma data futura pelo preço determinado. O bem em questão pode ser um ativo ou mercadoria.

Observe que os códigos desse mercado vão representar o que está sendo negociado. Como no mercado de ações, as quatro primeiras letras se referem à companhia. A quinta letra significa o mês de vencimento da opção e se ela é de compra ou venda. Após, os dois números representam o preço – chamado de strike – teórico da opção.

Veja o exemplo VALEK60. Assim você passa a saber que companhia Vale do Rio Doce, com vencimento de compra em novembro e preço alvo de 60.

Acompanhe abaixo os códigos do mercado de opções:

Observe para opção de compra:

    • Janeiro – A
    • Fevereiro – B
    • Março – C
    • Abril – D
    • Maio – E
    • Junho – F
    • Julho – G
    • Agosto – H
    • Setembro – I
    • Outubro – J
    • Novembro – K
  • Dezembro – L

Observe para opção de venda:

    • Janeiro – M
    • Fevereiro – N
    • Março – O
    • Abril – P
    • Maio – Q
    • Junho – R
    • Julho – S
    • Agosto – T
    • Setembro – U
    • Outubro – V
    • Novembro – W
  • Dezembro – X

Mercado Futuro

Esse mercado basicamente se diferencia do mercado de opções porque, como o próprio nome já diz, o player terá a opção de comprar ou vender, não a obrigação, como acontece no mercado futuro.

Observe o código PETRPM19. Depois do código emissor, segue uma letra que faz referência ao tipo de papel, uma ao mês de vencimento (é usada as mesmas regras do mercado de opção) e no final os números referentes ao ano de vencimento. Ou seja, a ação PETR4, com mês de vencimento em junho do ano de 2019.

Mercado a Termo

Note que é bem semelhante ao mercado à vista na nomenclatura (apenas acrescido de uma letra) e semelhante ao mercado futuro na questão de operação, com a diferença que os desembolsos ocorrem somente no vencimento do contrato.

No caso do mercado a termo você encontra por exemplo PETR4T, onde o T é justamente o sufixo que identifica que o código é relacionado a esse mercado.

Entender os tickers é essencial para saber o que exatamente você está operando e não fazer nenhum tipo de operação errada por falta de informação. Por isso, não se esqueça, analisar a correlação dos tickers com o índice também é de extrema importância!

Entendeu com facilidade? Então você pode gostar também de ler sobre O que é e como operar na bolsa de valores