View Blog 188
View Blog 188

Os hábitos financeiros que você precisa ter para viver melhor

Dificilmente conseguimos atingir uma vida plena financeiramente e construir um futuro responsável, administrando mal nosso dinheiro.

Nós sabemos disso e nos sentimos na obrigação de te ajudar a construir hábitos melhores que podem mudar seu futuro significantemente. Preparado?

Tenha ciência dos seus gastos…

Parece algo absurdo não saber o que gastamos todos os meses? Mas não é! Muita gente não sabe seus verdadeiros gastos, o que acaba dificultando se queremos identificar algo que consuma grande parte do nosso salário e é dispensável. Mas como ter ciência e controle de tudo que você gasta na sua vida?

…registrando eles

Anotando tudo que sai da sua conta – sim, inclusive aquela ida na padaria no sábado – você consegue fazer um levantamento real de tudo que está gastando e não ficar apenas achando quanto foi e fazendo aproximações irreais de gastos.

Parece um hábito chato, não é? O dia a dia é corrido, mas comece fazendo essa atividade por algumas semanas e após isso, ela vai acabar virando algo que você não abre mais mão.

Dessa forma, é possível notar onde estão possíveis erros no orçamento ou o que pode ser otimizado. Isso porque a visão que você terá de cada categoria de gasto será mais clara.

Poupe parte do seu dinheiro…

Economizar é um hábito que deve fazer parte da rotina de qualquer pessoa que se preocupa com seu futuro financeiro, e claro, deve ser seu passo número 1.

O problema é que muitas pessoas pensam que, por ganhar pouco, não conseguem poupar. Mas, mesmo quem não ganha tanto quanto gostaria, pode começar a guardar parte das suas receitas mensais. E não existe nenhum problema em essa quantia ser pouca.

O ideal é poupar, pelo menos, 10% do que você ganha. Mas se essa não pode ser sua realidade no momento, tudo bem. Comece com 4%, 8%, ou o que conseguir. Vá aumentando gradativamente. O importante é você iniciar!

… gastando menos do que ganha

Se o brasileiro seguisse essa regra, não teríamos tantos inadimplentes no Brasil, que são mais de 20%!. Esse não é apenas um hábito para quem quer um futuro financeiro melhor, mas sim, essencial para todos viverem melhor. A lógica é simples: sempre garanta que suas despesas sejam menores que a receitas. Se for necessário, corte alguns gastos para atingir esse objetivo. A conta precisa fechar sempre.

… tendo uma reserva de emergência

Imprevistos acontecem com todos. Ter um fundo para gastos que você não imaginava anteriormente, e o melhor cenário nesses casos, certo? Então tenha uma reserva de emergência!

Essa reserva evita que você tenha que recorrer a empréstimos em caso de despesas que não foram previstas. Mas possui dúvidas sobre quanto ela precisa ser? Que tal sua primeira ser equivalente a 2 meses do seu salário?

… cuidando com os impulsos

Quem compra por impulso tem grandes chances de se arrepender por gastar dinheiro em algo que, no fundo, pode nem ser tão necessário como parecia. Evite esse arrependimento refletindo sempre antes de adquirir qualquer item, por mais barato que ele seja.

Se possível, espere, pelo menos, uma semana para comprar. Assim, você terá certeza se realmente está precisando do produto ou serviço.

Desenvolver bons hábitos financeiros não é simplesmente parar de gastar; é gastar com o que realmente importa para você. Nesse sentido, o ideal é sempre avaliar se seu dinheiro está sendo investido em coisas que estão alinhadas com seus objetivos e metas de vida.

Ao perceber que você está gastando mais do que deve em áreas que não são tão importantes, coloque o pé no freio e mude o comportamento.

Estude sobre finanças

Na hora de aplicar novos métodos financeiros ou de realizar investimentos para multiplicar o seu dinheiro, não entre em investimentos que você não compreende. Também não entre de cabeça em algo por puro achismo.

Use a razão, procure algo que demonstre ser bom e recorra à orientação de materiais de qualidade sobre o tema.

Saiba escolher os melhores investimentos

Isso porque você escolhe os investimentos que deseja fazer baseado no nível de conhecimento que você tem no momento e no seu perfil de investidor. Escolher as melhores aplicações para o seu perfil e seus objetivos, andam junto com o estudo que você deve sempre ter desses investimentos.

E claro, quem quer criar hábitos financeiros positivos e não perder dinheiro precisa ir além do senso comum. No cenário atual, por exemplo, a poupança, apesar de ser um produto popular, não é a melhor alternativa, mesmo para quem busca uma aplicação conservadora. Sempre pesquise as tendências e projeções antes de escolher em quais investimentos você colocará o seu dinheiro.