View Blog 046
View Blog 046

Scalping: aprenda o que é e como lucrar com essa estratégia

Scalping é uma estratégia muito comum no day-trade. Baseia-se na ideia de aproveitar de forma rápida as pequenas variações do mercado, realizando compras e vendas de forma rápida e ágil. Com o scalping é possível reduzir a exposição ao risco do mercado é também lucrar de forma rápida.

Quer aprender mais sobre os detalhes da técnica? Então acompanhe esse artigo completo que tratamos sobre as operações de um scalper!

Scalping: entendendo o operacional

Scalping pode ser definida como toda operação que tem como objetivo realizar entradas e saídas de forma muita rápida no mercado. Então, uma compra que é realizada agora pode ser zerada em 10s ou 1 minuto. Ou seja, é uma tentativa de buscar aproveitar as micro-oportunidades que surgem durante o dia.

É um tipo de operação do day-trade. Um day-trader faz operações ao longo do dia, mas não necessariamente opera em frequência alta. Ele realiza compras e vendas em frações de segundo. Um scalper é exatamente esse trader: opera no descasamento de preços e nas pequenas chances que o mercado oferece, adiantando-se aos outros traders.

Na visão do scalper, o trade é uma maneira rápida de obter lucro e reduzir prejuízo. Para um trader que usa essa técnica, quanto maior o tempo em uma operação maior a exposição às circunstâncias do ativo. Em outras palavras, existem pequenas possibilidade de lucro ao longo do dia, então vale a pena buscar cada uma delas em vez de tentar em uma operação se expor à variação do mercado.

Para os scalpers, o trade obter um ganho de variação pequeno não é o problema: há operadores que tentam ganhos de 1 ponto no dólar futuro, 30 pontos no índice futuro, 3 centavos em ações. Em relação à variação diária, é pouco. Porém, a lógica é tentar somar pequenas operações para chegar a um bom montante no fim do dia.

Normalmente o perfil de um scalper é de alguém que é focado e tem tempo para operar na Bolsa. Mas para chegar em um nível de um bom scalper, é preciso muito treino, pois é necessário ser preciso na entrada e na saída da posição. Em 1 segundo, tudo pode mudar.

Características de um bom scalper

Para ser um bom scalper, é preciso saber que só conhecimento técnico não é suficiente. É fundamental além de entender muito sobre o ativo que está operando, saber que o gerenciamento de risco. E o conhecimento operacional é fundamental.

Imagine quando você aprendeu a dirigir. No início, provavelmente tinha que ficar pensando em engatar a marcha, pisar no freio e ligar a seta (isso alguns até hoje não aprenderam!). Depois de muito tempo de direção, ficou automático. Ou seja: você internalizou aquele aprendizado, como uma habilidade motora comum.

Esse processo de conhecimento automatizado acontece com atletas também: atletas de alta performance reagem rapidamente aos acontecimentos, sem pensar muito sobre qual ação tomar, mas agindo de forma rápida. Os scalpers se assemelham em muito a esses profissionais. Quer saber como se tornar um scalper profissional, siga a leitura!

Posso me tornar um scalper?

Para se tornar um verdadeiro scalper, é preciso reunir algumas características bem específicas. É, provavelmente, o estilo operacional que mais precisa desenvolver habilidades. Isso ocorre porque operar é um jogo mental constante nesse estilo. Quer se tornar um scalper profissional? Acompanhe as dicas!

Não pense, clique!

Um scalper é aquele que verifica uma oportunidade e clica. Se fosse parar para pensar no que fazer, o mercado já andou e foi embora. Por isso, hesitar e pensar demais são comportamentos que não são característicos de um scalper. A entrada nas operações tem que ser rápida nesse perfil: se você não entrar, algum outro player ou robô irá aproveitar aquela oportunidade.

Hesitar é uma característica de traders iniciantes: como ainda tem receio de usar o método que estão operando, acabam vendo as oportunidades passar sem clicar. Esse “travamento” é algo comum, mas que um scaper simplesmente ignora. Isso porque esse operador já internalizou a ideia que quando surge as melhores oportunidades para a sua técnica, ele vai clicar para abrir.

No caso de fechamento de operações, há outro aspecto muito importantes dos operadores de scalping: sabem stopar quando algo dá errado.

Aprenda a stopar

Stopar é tão natural quanto ganhar para um scalper. A operação deu errado? Entrou algum fluxo vendedor? O mercado rompeu aquele fundo que era o suporte? Dispare o stop! O uso do stop é natural para o scalper porque qualquer evento contrário ao que o trader havia previsto é interpretado como o momento de sair da posição.

O problema é aplicar na prática, visto que muitos trader iniciantes travam na hora de stopar, porque não aprenderam a perder. Scalpers profissionais sabem ganhar e sabem perder e não vão jogar todo resultado fora por causa de uma única operação. Por isso, a regra é clara: deu errado ou sentiu algum desconforto operação? Saia fora da operação!

Concentre-se sempre

Estar conectado com o mercado é primordial para ser um bom scalper. Como o volume de operações é grande, independentemente da técnica utilizada, é preciso estar sempre concentrado no mercado. Por isso muitos scalpers profissionais dedicam tempos específicos para operar, como a manhã, por exemplo.

É difícil ficar o dia todo olhando para a tela e caçando oportunidades, então separar momentos que você fica mais “ligado” é importante. É outro erro de iniciantes: perder a concentração e ficar operando mais tempo que consegue ficar conectado no mercado. Saber até onde vão seus limites é se conhecer. E um trader que não se auto-conhece, é uma presa fácil no ambiente selvagem do trading.

Gestão de risco é fundamental

Definir parâmetros operacionais faz parte da vida de qualquer trader, e para um scalper isso não é diferente. Imagine o cenário: realizar normalmente várias pequenas operações no dia, estar atento para capturar pequenas movimentações de preço e saber entrar e sair, é algo que exige muito do trader como um todo.

Se falta algum ajuste operacional, o operacional de scalping não vai funcionar, pois a exigência é alta. Então, fique ligado: opere sempre com limite de perdas, defina seus stops de forma clara e estabeleça número de operações em loss seguidas. Dessa maneira, é possível começar a buscar operações scalping.

Nesse artigo, falamos sobre o que são operações scalping e os caminhos para você chegar até esse perfil operacional. Para seguir aprendendo, leia mais sobre características para você vencer no mercado.