View Blog 064
View Blog 064

Você sabe o que é Índice de Força Relativa?

O Índice de Força Relativa (IFR) é um indicador técnico muito utilizado pelos traders grafistas e serve para confirmar hipóteses e/ou ideias do mercado financeiro. Combinado com outras técnicas de análises, é uma ótima ferramenta em diversas situações importantes.

Neste artigo, vamos falar sobre o tema e abordar a importância do IFR para o trader. Além disso, você também vai entender como ele pode ser usado para otimizar recursos e melhorar os resultados obtidos. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O conceito do Índice de Força Relativa

O IFR foi criado por J. Welles Wilder e é um indicador de oscilações que tem como principal função monitorar e fornecer informações sobre as mudanças de preços, assim como a velocidade que elas acontecem no mercado financeiro.

Ele ainda apresenta bastante eficiência para sinalizar em que momentos o preço de determinado ativo está sobrevendido ou sobrecomprado, apontando, assim, as oscilações que ocorreram no período analisado.

O IFR apresenta uma oscilação fixa que vai de 0 a 100, sendo ela a responsável por apontar os sinais gráficos emitidos pelo indicador, sempre de acordo com as tendências apresentadas no momento.

Como fazer cálculos e análises a partir do IFR

Por tradição, considera-se o IFR superavaliado quando está acima de 70 e subavaliado quando está abaixo de 30.

O cálculo do indicador é feito a partir da fórmula: IFR = 100 – (100 ÷ (1+ FR) , na qual FR significa Força Relativa, e é calculada pela divisão entre a Média de Ganhos (MG) e a Média de Preços (MP).

  • FR = MG/MP

Para achar a média de ganhos e perdas, é preciso fazer a anotação durante um período estabelecido, que pode ser de um dia. Na análise, podem ser apuradas a média de 14 períodos (dias).

Nesse caso, temos as seguintes fórmulas:

  • MG= soma de todo os ganhos ÷ 14
  • MP= soma de todas as perdas ÷ 14

Principais características do IFR

Formações gráficas de preços

O IFR apresenta padrões com informações válidas que muitas vezes não são apontadas em gráficos comuns de preço, mas são valiosas para indicar as tendências, suas variações e reversões.

Linhas de resistência e suporte

O IFR é muito eficaz para validação de linhas de resistência e suporte capazes de sugerir as principais regiões de pressão de compra e venda.

Procura de divergências

As divergências são apontadas quando o movimento do IFR não concorda com a direção apontada pelos acontecimentos do mercado. A análise apresenta sinais importantes, como fraquezas quando o mercado se encontra em alta, apontando a possibilidade de venda.

O contrário também é válido, já que quando os preços fazem um fundo novo e o IFR não aponta a mesma coisa pode apontar o surgimento de uma força de compra relevante.

Neste artigo, falamos sobre o Índice de Força Relativa (IFR) e a importância e impacto que ele pode ter para a atuação no mercado financeiro. Um dos indicadores mais utilizados por analistas técnicos do mundo todo, o IFR traz inúmeras vantagens quando utilizado da maneira correta.

Assine nossa newsletter para receber outros conteúdos relevantes sobre o mercado, assim como nossos serviços e novidades.